BLOG DO ALEX MEDEIROS

26/01/2018
As capas da unanimidade

As três principais revistas semanais do País já circulam na noite dessa sexta, 26, se antecipando a talvez o fim de semana mais esperado por seus leitores. E como não poderia deixar de ser, Lula está em todas as capas e nas reportagens de destaque das três publicações.

A Época é a única tem uma manchete, entre três, um tanto favorável ao ex-presidente e distinta das outras duas que estampam o ocaso eleitoral do petista.

Enquanto a IstoÉ grafa na capa vermelha "O cara acabou", e a Veja apela no pedido da prisão, a revista do sistema Globo (costumeiramente atacado pelo PT) afirma que Lula ainda não acabou.





26/01/2018
Deputado abdica do salário

O deputado estadual José Dias apresentou requerimento ao presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte no sentido de que sejam suspensos os depósitos do seu subsídio mensal, excluídos os descontos obrigatórios, até que o pagamento dos servidores estaduais seja regularizado por parte do Governo do Estado.

A medida, segundo o deputado, tem caráter "financeiramente simbólico", mas é de extrema importância no momento em que milhares de famílias de funcionários públicos sofrem na pele e têm seus cotidianos prejudicados diante do atraso dos salários.

"É um gesto de solidariedade ao próximo e, meramente emblemático e solidário, mas estou fazendo a minha parte. É como na fábula do passarinho que, diante um incêndio na floresta, procurava apagar o fogo levando pequenas porções de água no bico. Questionado sobre a inutilidade do gesto, declarou: ‘pode ser pouco mas estou fazendo a minha parte'."

José Dias lembrou ainda que, num momento de crise como essa que o RN enfrenta, no qual o funcionalismo estadual tem sido injustamente castigado, todos devem reconhecer que o mais justo e correto é que, quem já recebe menos, ao menos receba primeiro, antes dos demais.

O deputado fez questão de lembrar ainda que, como integrante da Casa, está lutando para a aprovação de medidas que busquem sanar o problema, não apenas a curto prazo, mas a longo prazo também. "Quem paga os salários dos servidores são os impostos arrecadados que, por sua vez, dependem de uma economia forte. Precisamos tomar medidas para o fortalecimento da economia, ao mesmo tempo em que o Governo precisa diminuir seus gastos. O que não pode é o funcionalismo público - e milhares de famílias - padecerem ainda mais, numa realidade que já é difícil diante dos graves problemas de segurança e saúde que prejudicam a todos os norte-rio-grandenses."

José Dias enfatizou que o momento não é o de buscar culpados: "Chegamos a uma situação praticamente ingovernável, resultado de anos de administrações populistas, e não fruto de um único governo. Sempre fui um parlamentar de oposição, mas minha oposição nunca foi meramente de cores políticas, mas sempre em defesa dos interesses do meu estado."

 





23/01/2018
Não há motivos para prender Lula

Por Hélio Bicudo*
 
Prender Lula só porque lavou dinheiro ocultando duas propriedades?

Só porque ganhou imóveis e reformas de empreiteiras às quais tinha favorecido?

Só porque recebeu propina fingindo que fez palestras que nunca deu?

Só porque fez o BNDES emprestar 8 bilhões para Odebrecht fazer obras sem concorrência em países bolivarianos?

Só porque comandou uma organização criminosa que quebrou a Petrobrás?

Só porque contratou sondas superfaturadas da Schahim para receber comissões e dinheiro sujo para a campanha?

Só porque mandou acobertar o assassinato do prefeito Celso Daniel pagando com dinheiro da comissão das sondas?

Só porque fez a Petrobras fornecer nafta à Braskem abaixo do valor de mercado por vários anos, causando prejuízo superior a 5 bilhões segundo o TCU?

Só porque saqueou os palácios ao ir embora, levando não só presentes de Estado como até a prataria da casa?

Só porque escolheu e elegeu uma presidente incompetente, despreparada, desequilibrada e burra, propositadamente, esperando com isso sucedê-la 4 anos depois?

Só porque a elegeu tapeando o povo numa campanha criminosamente mentirosa, irrigada com dinheiro roubado da Petrobras?

Só porque permitiu que sua quadrilha saqueasse os fundos de pensão de quase todas as Estatais, prejudicando as aposentadorias de centenas de milhares de petroleiros, carteiros, bancários?

Só porque permitiu que a Bancoop lesasse milhares de bancários para favorecer a OAS e ganhar um triplex no Guarujá?

Só porque deu aval político e dinheiro para que organizações criminosas como o MST invadissem e depredassem impunemente fazendas, centros de pesquisa e prédios públicos?

Só porque sistematicamente comprou apoio político através do Mensalão e Petrolão?

Só porque colocou um cupincha no Sesi Nacional, que transformou a instituição num cabide de empregos para os companheiros e parentes vagabundos?

Só porque ajudou o enriquecimento ilícito de seus filhos em troca do favorecimento de empresas de telefonia e outras?

Só porque vendeu medidas provisórias isentando montadoras de impostos em troca de comissões?

Só porque inchou o governo e as estatais com centenas de milhares de funcionários supérfluos, quebrando o Estado e provocando déficit público recorde?
 
Só porque loteou mais de 30 mil cargos de confiança com seus apaniguados, dando o comando das estatais e autarquias para petistas incompetentes que mal sabem administrar suas vidas?

Só porque elegeu outro poste como prefeito da maior cidade do país, também com dinheiro roubado das estatais?

Só porque comprou milhões de votos com programas de esmola como o Bolsa Família?

Só porque criou o Bolsa Pescador, e deixou 3 milhões de falsos pescadores se inscreverem para receber a sua esmola compradora de votos?

Só porque aumentou nossa carga tributária de 33 para 40% do PIB?

Só porque aumentou nossa dívida pública para quase três trilhões de reais, tornando-a impagável?

Só porque favoreceu o sistema financeiro com taxas exorbitantes de juros, transferindo renda dos pobres para os ricos?

Só porque conseguiu fazer o Brasil torrar toda a bonança da maior onda de alta das comodities na década passada?

Só porque loteou todas as agências reguladoras fazendo-as inúteis na proteção dos cidadãos?

Só porque tentou aparelhar até o STF nomeando ministros comprometidos com a proteção à sua ORCRIM?

Só porque deixou a Bolívia expropriar a refinaria da Petrobras sem fazer nada?

Só porque humilhou nossas Forças Armadas nomeando ministros da Defesa comunistas e incompetentes?

Só porque favoreceu comercialmente ditaduras como as de Angola, Venezuela e outras?

Só porque esfriou relações e esnobou as maiores economias do mundo, direcionando nossas relações exteriores para países inexpressivos comercialmente, apenas no afã de ganhar prestígio e votos na ONU?

Só porque humilhou o Itamaraty orientando a política externa através de consiglieri mafiosos como Marco Aurélio Garcia?

Só porque nos envergonhou deixando nossas embaixadas e consulados sem dinheiro para pagar aluguéis?

Só porque comprou um aerolula da Airbus pelo triplo do que poderia ter comprado um Embraer e promovido nossa indústria aeronáutica?

Só porque descuidou dos programas de saúde pública através de ministros incompententes e desvio de verbas, permitindo a volta de doenças como a dengue e o zika?

Só porque aparelhou todas as universidades federais com reitores de esquerda, obtusos e incompetentes?

Só porque fez o Brasil ser motivo de chacota no mundo inteiro?

Só porque nos tirou o orgulho de sermos brasileiros?

Só por estes motivos? ORA. NÃO É JUSTO!

*Hélio Bicudo jurista e político brasileiro, militante de direitos humanos, bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da USP. Fundador do PT foi um dos primeiros a se posicionar a favor do impeachment de Dilma Rousseff.





21/01/2018
Um semideus dos Andes

Momento histórico para o universo do futebol, e que o papa Francisco conhece bem como bom torcedor da seleção albiceleste e do San Lorenzo.

Em visita ao Peru, o líder do mundo católico deu bençãos ao maior jogador de todos os tempos no país de Mario Vargas Llosa, o meia Teófilo Cubillas, incluído na lista da FIFA com os 50 craques do século.

Cubillas comandou a seleção peruana na conquista da Copa América em 1975. Três anos antes, foi eleito o melhor jogador das Américas, cabendo o segundo lugar a um cara chamado Pelé. 





19/01/2018
Bomba: Ronaldo na China

E continuam surgindo hipóteses sobre o futuro do craque Cristiano Ronaldo. Depois do interesse do Manchester United em levá-lo de volta, e da suposta negociação com o PSG numa troca por Neymar, agora surge a notícia de que a estrela do Real Madrid pode ir para o futebol chinês.

Segundo o Sky Sport, há uma proposta milionária do Tianjin Quanjian, time aonde joga o brasieliro Alexandre Pato, que tem apoio do próprio governo chinês para usar a imagem de Ronaldo como um gigantesco golpe midiático para sacudir o futebol asiático. Convém lembrar que em 2016 ele recusou ganhar 1 bilhão de reais para jogar na China.

O craque, que acabou de ganhar sua quinta Bola de Ouro, igualando a marca de Messi, vive no momento um período delicado, longe da tábua de artilheiros da Europa (até o volante Paulinho tem mais gols que ele), e impotente diante da má fase do Real Madrid na liga espanhola.

Além disso tudo, sabe-se que ele anda desgostoso com as garras do fisco espanhol, que lhe acusa de sonegação, e com o fato de receber um salário menor do que o do seu rival do Barcelona, Lionel Messi.

Evidente que Cristiano Ronaldo, ainda com 32 anos e vigor físico de garoto, não irá priorizar o futebol chinês na atual fase da vida, mas alguns jornalistas portugueses arriscam prognosticar que se ele não voltar logo a se sentir bem na Espanha, é bem capaz se aventurar na China. Como um Marco Polo da bola.





19/01/2018
Ataque 1, defesa 0

Até agora não se viu nem se ouviu manifestação de algum componente do bunker de comunicação do governo estadual a respeito do ato do deputado Kelps Lima em tentar atrapalhar no TCE a aprovação de Lei na Assembleia Legislativa que viabiliza o pagamento dos salários dos servidores do estado.

Sabe-se que o tal bunker discute tudo, todas as técnicas de gerenciamento de crise, sempre diante do horizonte no Oceano Atlântico. Pois não custa muito botar as fuças na vitrine midiática e defender os interesses do time que supostamente veste a camisa.





18/01/2018
O surpreendente cidadão Kane

A torcida inglesa anda animada com a nova geração que compõe a seleção de futebol que vai à Rússia. Classificada com uma grande campanha nas eliminatórias europeias, a Inglaterra volta a acreditar que pode cantar de mãe da bola numa copa do mundo.

Mas não é apenas o bom jogo da seleção que empolga os ingleses. Nos pubs e nas casas de apostas o nome do atacante Harry Kane, do Tottenham, se destaca entre craques consagrados como Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

Maior artilheiro da Europa em 2017, Kane causa expectativa tanto na performance com a seleção quanto na disputa da Bola de Ouro no final do ano. Na imprensa europeia, seu nome já é tido como provável para superar a dicotomia Messi-Ronaldo da última década.

Kane marcou 56 gols em 52 jogos, sendo o único jogador em todas as ligas da Europa a superar a marca de um gol por partida. Sua média é 1,08.

Abaixo dele, vem Messi com 54 gols em 64 jogos (média de 0,84), Lewandowski com 53 gols em 55 partidas (média 0,96), Cristiano Ronaldo com 53 gols em 59 jogos (0,85) e Cavani também com 53 e a mesma média de 0,85 gols por partida.

A última vez que um jogador britânico venceu a Bola de Ouro de melhor jogador do mundo foi em 2001, quando a revista France Football elegeu Wayne Rooney, então no Manchester United. Nesse mesmo ano, a FIFA escolheu o português Luis Figo.





18/01/2018
Macaíba vai ganhar um shopping

Reportagem PortalNoAr

Durante reunião realizada nessa quarta-feira (17) o diretor geral do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente - IDEMA, Rondinelle Oliveira, entregou a Licença Prévia para a implantação do Outlet Via Sul - Macaíba.

O empreendimento será um complexo comercial, logístico e de serviços que contempla um shopping modelo outlet, com espaço de lazer e entretenimento a ser construído nas margens da BR 304, na área do distrito industrial de Macaíba.

A entrega da licença ambiental aconteceu durante a apresentação do projeto do Outlet Via Sul - Macaíba, na Pousada Macamirim e reuniu empresários, a equipe que desenvolveu o projeto, consultores ambientais, autoridades locais e representantes do Idema.

Na oportunidade, o diretor Rondinelle falou sobre a satisfação em contribuir com a viabilidade de novos investimentos. "Hoje o Idema é um órgão que trabalha com segurança jurídica, o que muito contribui para atrair a implantação de novos projetos.

Em nome de todo o Estado do Rio Grande do Norte, agradeço a parceria de todos aqui presentes e vamos buscar cada vez mais, garantir a permanência de empreendimentos que atraiam investimentos e valorizem a população potiguar", afirmou o diretor geral do Idema, Rondinelle Oliveira.

Durante a reunião, o presidente do grupo Sacs Consult, Sergio Manzalli, apresentou o projeto à equipe. A proposta é que o empreendimento gere mais de 1.000 empregos diretos.

O empresário e idealizador do projeto, Abílio Félix, também se pronunciou durante a reunião, agradecendo o empenho de todos com a viabilização do complexo. "Essa licença significa a chave para o desenvolvimento do projeto que ampliará os horizontes não só do município de Macaíba, mas de todo nosso Estado", afirmou.

O Outlet Via Sul - Macaíba possui uma concepção autossustentável em virtude dos equipamentos previstos em seus projetos complementares, como uma moderna e compacta estação de tratamento de esgotamento sanitário, coleta seletiva, uso de energias renováveis e reuso da água.

Para encerrar o momento, o diretor do Idema falou sobre a vitória do RN, no final de 2017, na participação das construções de políticas ambientais do estado brasileiro, onde, através da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema), o RN está inserido em três câmaras técnicas que fazem as proposituras de normas e instrumentos utilizados pelo Sistema Nacional de Meio Ambiente (Sisnama).





18/01/2018
Entre o show e o bom senso

Quatro gols e duas assistências. Foi o resultado de todas as somas na operação de Neymar diante do frágil Dijón, quando o PSG estabeleceu a maior goleada da liga francesa nesta temporada. 

A performance do brasileiro na partida com ares de jogo-treino serve como remediação ao fato de Neymar não ter fechado 2017 como sonhavam seus fãs. Entrou 2018 vendo o uruguaio Cavani eleito melhor jogador do campeonato.

Fazer quatro gols no modesto Dijón me remete ao ano de 1976 quando Dario (Dadá Maravilha) meteu dez gols no Santo Amaro, atuando pelo Sport na Ilha do Retiro. Por anos o atacante preferido do general Médici usou isso pra se comparar com Pelé.

Para quem não sabe, e só agora tomou ciência da existência do campeonato francês, o Dijón é um clube das divisões inferiores e experimenta pela terceira vez apenas a participação na primeira divisão. Está para a França como ABC e América estão para o Brasil.

Em meio ao faniquito de alguns fanáticos canarinhos com a goleada do PSG, a Folha de S. Paulo foi o único veículo brasileiro a destacar o que boa parte da mídia europeia destacou: "Atuação de gala de Neymar vira pano de fundo em briga com torcida", disse o jornalão paulistano.

Neymar, depois da experiência que teve no Barcelona, já era para entender que por mais craque que seja não deve nem pode disputar o coração da torcida com quem já ascendeu à condição de ídolo da massa. Poderia ter evitado manchar o show de bola com as vaias da arquibancada.

Já havia feito três gols, dado duas assistências, mas pela enésima vez deixou a vaidade falar mais forte na boca da alma. Ao pegar a bola para bater o pênalti, sabia pelo sibilar dos apupos que a torcida queria Cavani na cobrança que lhe daria o título de maior artilheiro da história do clube. 

Ignorou o décimo segundo jogador do time, bateu para converter o quarto gol, e decidiu se isolar da festa no gramado, descendo ao vestiário com cara de menino arteiro. Despido de bom senso, saiu literalmente à francesa do estádio Parc des Princes.

Ou como publicou um jornal espanhol, saiu a "tomar las de Villadiego", uma expressão que se popularizou na Espanha em alusão a quem sai de fininho pra não correr risco. Na Idade Média os judeus fugiam para Villadiego, uma localidade perto da cidade de Burgos.





14/01/2018
Zidane jogando a toalha

Pior do que uma derrota em casa para o Villarreal foi a sensação humilhante de ver o Barcelona com 16 pontos de dianteira. A toalha já foi jogada no Santiago Bernabeu, é quase impossível uma recuperação.

Não está nada fácil a atual temporada do Real Madrid em La Liga, situação também terrível para o técnico Zinedine Zidane que já vê a imprensa madrilenha insinuar e até sugerir sua demissão.

Enquanto isso, o arquirrival da Catalunha vive uma das melhores temporadas de todos os tempos. E como se não bastasse, o craque do time, Lionel Messi, também experimenta um período mágico.

Tudo isso serve também para pulverizar qualquer tese sobre prejuízos na saída de Neymar. Os números, tanto do Barça quanto de Messi, rebaixam a zero um suposto peso da ausência do brasileiro que se foi para o PSG.

Aliás, o time francês pode ser mais uma dor de cabeça para o Real Madrid. A continuar jogando como hoje, corre sério risco de ser eliminado na Champions League pelo clube de Neymar, Cavani e Mbappé.





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97