BLOG DO ALEX MEDEIROS

08/05/2017
Neymar na lista da Time

A revista Time acaba de publicar uma lista de 100 personalidades que mais influenciam o planeta atualmente. O jogador Neymar, do Barcelona, é o único brasileiro que merece destaque entre as celebridades do mundo artístico, esportivo, político e empresarial.





08/05/2017
AL homenageia a Cruz Vermelha do RN

Surgida há 154 anos, por iniciativa do suíço Henri Dunant, a Cruz Vermelha tem seu dia comemorado hoje (8) e recebeu homenagens da Assembleia legislativa por sua atuação no mundo e no RN, aonde se instalou desde 1942, durante a II Guerra. A proposição foi da deputada Márcia Maia (PSDB), que enalteceu o trabalho da instituição durante a sessão solene na manhã desta segunda-feira (8). Em paralelo à solenidade, uma exposição de fotos da fotógrafa Kalina Veloso registra momentos da atuação dos seus voluntariados no Estado.

"Não há outra palavra para definir de forma precisa a atuação dessa organização que tem salvado vidas e oferecido conforto em momentos de dor, desigualdade, medo e desespero. A Cruz Vermelha tem oferecido uma linda mensagem à nossa sociedade: a de que juntos, um pelo outro, somos mais fortes", afirmou a parlamentar.

Márcia Maia destacou o trabalho baseado nos princípios básicos da organização: voluntariado, neutralidade, independência, unidade, universalidade, imparcialidade e humanidade. Enalteceu a atuação dos voluntários: "Eles são o coração da Cruz Vermelha, seja aqui no Rio Grande do Norte, ou em qualquer lugar do mundo. Mais do que a própria Cruz Vermelha, hoje, homenageamos o amor e a solidariedade e cada um de vocês que fazem essa organização tão importante para tanta gente", disse a deputada.

Prestar socorro, assistência e proteção aos feridos, enfermos, necessitados, prisioneiros e refugiados, tanto na guerra, como na paz, são os objetivos principais da instituição. Também atua longe dos conflitos, por meio de ações nas áreas de educação, assistência social e todas as ações que visem aliviar o sofrimento das pessoas.

Presidente da Cruz Vermelha Brasileira no RN desde 2010, Kelyson de Lima Montenegro foi homenageado durante a solenidade. Ele faz questão de enfatizar que "para aqueles que mais precisam, o trabalho dos voluntários tem um valor incalculável".

O presidente da entidade relatou que no RN, a Cruz Vermelha passou um tempo sem atividades e as retomou com vigor a partir de 2010: "Com o esforço de seus voluntários, a Cruz Vermelha no Rio Grande do Norte vem desenvolvendo suas ações humanitárias, através da captação de voluntários nos cursos que ela desenvolve", afirmou.

Ele citou a participação dos seus voluntários em episódios, como o desastre causado pelas chuvas no bairro de Mãe Luíza, em Natal. Socorristas e voluntários em diversas áreas atuaram para amenizar a crise, arrecadando donativos para as vítimas daquele incidente.

Kelyson afirmou que a Cruz Vermelha é a maior organização humanitária do planeta e que no RN conta com 1.400 pessoas formadas como voluntárias, atuando em diversas campanhas, seja prestando socorro, com auxílio social e outros.

"Temos realizado programas efetivos diariamente na área da saúde, ensinando primeiros socorros nas escolas e pretendemos ainda este ano, abrir uma clínica social com diversos serviços", afirmou.

Aqui no Estado, o trabalho da Cruz Vermelha Brasileira teve início em 1942 com a Segunda Guerra Mundial, quando Natal se tornou o "Trampolim da Vitória", como base militar para a campanha das forças aliadas. Hoje, a filial da Cruz Vermelha tem mais de 1,4 mil voluntários formados pela entidade através de seu curso de formação e 5 mil pessoas cadastradas para integrar as fileiras de voluntários.





05/05/2017
Valeu, Zé!

Em verdade, o elemento Zé Dirceu esteve o tempo todo cumprindo uma pena destinada a chefe de quadrilha quando ele era apenas o lugar-tenente. A cela de Curitiba agora está disponível para o titular.





05/05/2017
Guerra dos Mundos terá série de TV

Desde que Orson Welles botou em pânico uma cidade inteira, em 1938, ao narrar radiofonicamente como verdade a invasão da Terra que o escritor H. G. Wells romanceara, a tal obra já teve duas versões relevantes no cinema, uma em 1953 e outra em 2005 (esta bem conhecida de vocês pela presença de Tom Cruise).

Eis que agora, o livro Guerra dos Mundos está sendo levado ao pé da letra numa produção para a TV, segundo informou o jornal The North-West Evening Mail. Será uma minissérie desenvolvida pela BBC One e pela produtora Mammoth Screen. O roteiro, diz o jornal, será fiel ao romance.

O roteirista Peter Harness revelou que a invasão extraterrestre se passará na cidade britânica de Surrey, durante a era vitoriana, no comecinho do século XX, mas as máquinas invasoras terão design futurista para a população que fugirá em pânico quando a invasão começar.

O livro de H. G. Wells sempre foi um marco zero para toda e qualquer obra de ficção científica, em papel ou acetato.





05/05/2017
Lula vs Moro

Os advogados do ex-presidente Lula pediram autorização ao juiz Sérgio Moro para gravar na íntegra o depoimento dele que vai ocorrer no próximo dia 10.

No pedido eles dizem que as imagens divulgadas pelo tribunal coloca o interrogado de uma "forma inferiorizada".

Na verdade, o que querem os advogados são imagens de Lula em alta resolução para serem usadas no programa do PT que irá ao ar dia 11. A idéia é investir no papel de vítima.





05/05/2017
Música para crianças na escola da AL

Considerando a importância que a música tem para as crianças desde os primeiros anos de vida, quando ocorre o desenvolvimento de determinadas capacidades artísticas, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, por meio da Escola da Assembleia, volta a oferecer o curso de iniciação à música para crianças entre 3 e 7 anos. As aulas começam no dia 20 de maio, sábado, das 8h às 10h, na sede da Escola do Poder Legislativo.
"Esse curso, oferecido às crianças de 3 a 7 anos, evidencia o foco na educação com o fortalecimento da cultura potiguar, enraizado na Escola da Assembleia", destaca o diretor da Escola, Carlos Russo.

O professor Carlos Alberto de Freitas, mais conhecido como Carlos Zens, utilizará a linguagem da música, com vários instrumentos e elementos de efeitos visuais, como desenhos sobre percepções sonoras, proporcionando uma interação com a criança pelo lado lúdico e uma viagem rica de detalhes e informações dentro da diversidade brasileira em suas origens e matrizes étnicas.

"Dentro da metodologia, vamos aplicar a percepção e apreciação de forma lúdica onde as crianças possam desenvolver as criatividades espacial e sonora, motivação, coragem e gosto para a música como parte fundamental no desenvolvimento integral da criança a cada encontro", explica o músico.

As aulas pretendem, ainda, contribuir para o desenvolvimento do pensamento criativo da criança, utilizando a instrumentação do: canto, flauta (sopros e apitos, pássaros), violão, percussão, efeitos de vento, água, chuva, rio, pássaros, estrela, folhas, e com peças musicais infantis do cancioneiro potiguar brasileiro. Além de trabalhar a sensibilização, percepção, o ato de apreciar o que se vê, o ouvir, sentir, expressões vocais e corporais, movimentos unilaterais (descobrindo o espaço da sala) e desenhos sobre suas percepções.

Mais
Os interessados podem se dirigir à Escola da Assembleia, localizada à Rua Açu, 426, Tirol. As matrículas serão feitas das 8h às 15h. Mais informações: www.al.rn.gov.br/escola ou no 3232-1001.





04/05/2017
Macron vence último debate

No último debate presidencial na França entre Emmanuel Macron e Marine Le Pen, o candidato do Em Movimento foi considerado o mais convincente por 63% dos telespectadores em uma pesquisa feita pela emissora pública "BFM TV".

Além disso, os 1.314 entrevistados destacaram que ele foi "mais honesto", mais "alinhado" com o pensamento dos eleitores e tem "os melhores planos". Outras pesquisas feitas pelos principais jornais franceses com seus leitores apontaram que o candidato centrista foi melhor do que a líder ultranacionalista.

O debate entre os dois, que foi definido pela imprensa francesa como uma "luta de boxe", reuniu mais de 15,1 milhões de pessoas em frente à TV no país. O número só é menor daquele realizado em 2012, entre Nicolas Sarkozy e François Hollande, quando 17,8 milhões de telespectadores acompanharam a conversa.

O tom agressivo do confronto foi o destaque da imprensa francesa, que considerou algo inédito nessa fase da corrida eleitoral. Atacado por ter feito parte do governo de Hollande, Macron disse após o debate que "precisou se defender" e esclarecer as "mentiras" que o partido de Le Pen, a Frente Nacional, publica nas redes sociais.

Entre algumas das "mentiras", segundo o candidato de centro, está a de que ele teria contas escondidas ou empresas offshores nas Bahamas. Por conta disso, seu comitê avalia abrir um processo contra Le Pen. A candidata, por sua vez, disse que "não tem provas" sobre uma possível conta dele nas Bahamas, mas "que não quis fazer uma insinuação".

Os franceses vão às urnas neste domingo (7) para definir quem será o próximo presidente da França. As últimas pesquisas de opinião, publicadas antes do debate, mostram que Macron tem 59% das intenções de voto contra 41% de Le Pen.





04/05/2017
Ezequiel quer campanha educativa sobre rotatórias

As rotatórias são importantes instrumentos viários que foram criadas para a organização do trânsito nos cruzamentos com grande fluxo, para reduzir a velocidade dos carros e minimizar os conflitos de preferenciais nas vias públicas. Os benefícios são o baixo custo de instalação, redução no consumo de combustível e possibilidade de seguir em qualquer direção. No entanto, muitos motoristas, mesmo experientes, ainda se confundem com as regras de circulação quanto à preferência de passagem e geram acidentes nesses locais.

Preocupado com o crescente número de ocorrências nas rotatórias instaladas no Estado, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) decidiu solicitar do Governador Robinson Faria (PSD) e do diretor geral do DETRAN, Júlio César Câmara a realização de campanha educativa sobre o uso correto desses equipamentos.

"As rotatórias são uma eficiente solução para disciplinar o fluxo de veículos nas áreas críticas do sistema viário, onde não existem os semáforos, além de organizar o tráfego nas interseções formadas por ruas, avenidas ou rodovias conectadas. O significativo aumento de acidentes nesses locais fez com que solicitasse essa ação educativa, que tem o objetivo de orientar os condutores e conscientizá-los sobre a importância de respeitar a sinalização", afirma o deputado Ezequiel Ferreira.

O cumprimento da sinalização por parte dos condutores já seria suficiente para resolver esses pequenos embates de preferência. Praticamente todas as rotatórias das cidades devem ter uma placa de "Pare" em frente a cada um dos entroncamentos.

De acordo com o artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas. Quando veículos, transitando por fluxos que se cruzem, se aproximarem de local não sinalizado, terá preferência de passagem: a) no caso de apenas um fluxo ser proveniente de rodovia, aquele que estiver circulando por ela; b) no caso de rotatória, aquele que estiver circulando por ela; c) nos demais casos, o que vier pela direita do condutor. Em resumo a regra é: tem preferência àquele que estiver circulando na rotatória.





03/05/2017
Meu ano dos livros

Concluídos dois dos três livros que imagino conseguir lançar ainda em 2017. O primeiro e o segundo estão praticamente prontos para impressão, o terceiro (mais complicado no aspecto gráfico) demora mais.

Começo de junho e metade de julho espero lançar "Amar é só uma Frase", um apanhado de versos hai-kais que venho postando nas redes sociais. A edição do livro é de Mário Ivo, que caprichou no projeto para que se transformasse num belo presente de Dia dos Namorados. 

Depois vem "80 Tons de Alice", um livro mais recheado de poemas em vários estilos, desde versos livres, decassílabos, sonetos, quadrinhas e hai-kais. Versa sobre uma viagem emocional do poeta reproduzindo na vida real um arquétipo da personagem imortal de Lewis Carrol.

O terceiro livro, que provavelmente só saia no final do ano, é um trabalho de fôlego que iniciei em 2006 numa conversa no estúdio do cartunista Ziraldo, no Rio de Janeiro. São 235 crônicas enaltecendo os maiores craques da história do futebol desde 1863, ano oficial do início de um campeonato na Inglaterra.





02/05/2017
José Dias defende reforma trabalhista

O deputado José Dias voltou a defender a reforma trabalhista, aprovada pela Câmara Federal no dia 27 de abril. Para ele, as mudanças são necessárias e não violarão o direito do trabalhador, como alguns defendem. O parlamentar, em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (2), falou sobre a situação econômica do país, sobre os protestos do último dia 28 e disse esperar que a matéria seja aprovada no Senado Federal.

"As pessoas deveriam ler e entender que a reforma, proposta pelo Governo Federal, não irá, de forma alguma, violar os direitos dos trabalhadores. Ao contrário, qualquer um verá que ela é positiva e necessária para o desenvolvimento do País", disse o deputado.

José Dias citou algumas mudanças com a reforma, como por exemplo a que acaba a obrigatoriedade do imposto sindical e reduz a força tutelar dos sindicatos. "No Brasil, existem 17 mil sindicatos. Em países da Europa, existem apenas 60 ou 80 entidades como essa. Nos Estados Unidos, por exemplo, só tem cerca de 100 sindicatos", disse ele.

Relatando a situação econômica do país e a desigualdade social, o parlamentar disse que o Brasil "é a ilha do atraso", apesar das riquezas naturais, situação geográfica e dimensões territoriais privilegiadas. "Não sabemos aproveitar esse potencial", lamentou Dias. Ele chamou de "desumano" o fato de o trabalhador público se aposentar com teto de R$ 33 mil, enquanto o trabalhador na iniciativa privada tem um teto pouco mais de R$ 4 mil e defendeu também a Reforma Previdenciária.

José Dias lamentou o número de desempregados no país. "São 14 milhões de brasileiros desempregados e 20 milhões com subemprego sem relação formal com o empregador. Essa reforma não irá nos igualar aos países desenvolvidos, mas irá diminuir as injustiças".

O deputado ainda relatou os protestos ocorridos no dia 28 de abril. "Para mim, foi uma esculhambação geral. O Brasil parou não porque os trabalhadores decidiram, voluntariamente, paralisar. O Brasil parou porque grupos organizados usando táticas de guerrilhas interditaram avenidas e impediram trabalhadores de chegarem ao trabalho", disse.

José Dias finalizou seu discurso enaltecendo o presidente da República, Michel Temer (PMDB). "Não sou do partido do presidente, mas sou dos que reconhecem o desprendimento do presidente da defesa que ele faz ao que julga ser necessário para salvar o país", concluiu.





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83