BLOG DO ALEX MEDEIROS

31/05/2017
Sugestões para Fundo Estadual do Idoso

A defesa pelos interesses dos idosos do Rio Grande do Norte foi tema de debate na tarde desta quarta-feira (31), na Assembleia Legislativa. Por proposição do deputado Hermano Morais (PMDB), o Poder Público e a sociedade civil organizada discutiram em audiência pública a proposta do parlamentar que cria o Fundo Estadual do Idoso no Rio Grande do Norte. O projeto, que está em tramitação na Assembleia Legislativa, receberá emendas referente às sugestões apresentadas para o aperfeiçoamento da matéria.

A proposta elaborada pelo deputado Hermano Morais, que está na Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Casa, tem o objetivo de instituir o Fundo Estadual da Pessoa Idosa (Funepi), voltado para financiar programas e ações relativas à população idosa potiguar. Os recursos para o Funepi, de acordo com o projeto, seriam captados através de dotação orçamentária estadual, transferências por parte da União, Municípios e do próprio Estado, além das verbas provenientes de multas por desrespeito às leis de proteção à pessoa idosa.

"Os direitos da pessoa idosa precisam ser respeitados e é preciso dar condições para que as políticas públicas voltadas às pessoas nessa faixa etária tenham condições de implementação", disse Hermano Morais.

De acordo com dados apresentados pelo parlamentar, o Rio Grande do Norte tem aproximadamente 400 mil idosos, de acordo com dados do IBGE. O estado se destaca negativamente com relação aos crimes contra o idoso, somando 175 boletins de ocorrência na Delegacia Especializada de Proteção aos Idosos somente entre janeiro a abril deste ano. Em 2015, o RN foi, proporcionalmente, o 3º estado no país com mais denúncias de violência contra idosos, com um total de 250,81 denúncias para cada grupo de 100 mil habitantes. O Rio Grande do Norte só teve desempenho melhor do que o Distrito Federal (354,73 denúncias/100 mil hab) e Amazonas (297,3 denúncias/100 mil hab).

No entendimento dos participantes do debate, a falta de recursos para o atendimento aos idosos, para a implementação de políticas públicas voltadas à essa parcela da sociedade e também para viabilizar estrutura para garantir os direitos da pessoa idosa são fatores que podem ser amenizados com a criação do fundo. Por isso, a proposta recebeu elogios dos presentes e sugestões para aperfeiçoamento.

A promotora Marcela Nóbrega, que também participou do debate, elogiou a proposta de que o Funepi seja gerido pelo Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (Cedepi), com participação de representantes de órgãos públicos e da sociedade civil, que também deve ter papel deliberativo.

"O Ministério Público é favorável ao projeto e elogia o deputado pela iniciativa. A sugestão que demos para modificação é que a sociedade tenha o papel deliberativo nas decisões sobre utilização dos recursos. Com certeza, o projeto será importante para os idosos", disse a promotora.

Ao fim da audiência, após receber sugestões dos participantes da mesa e também da população que compareceu ao debate, o deputado Hermano Morais confirmou que irá analisar as modificações sugeridas e ouvir outros segmentos para aperfeiçoar a proposta.

"Temos que trabalhar para a melhoria das vidas dos idosos e acredito que demos um passo importante com esse debate. Vamos prosseguir com a proposta e dar andamento para a aprovação", finalizou o deputado.





29/05/2017
Esse não tá no livro

O amor é cego
e a pomba da paz
é uma rola sem ego 





29/05/2017
Livro pronto

Lançamento dia 10 de junho (sábado) na Feira Garajal, a partir das 18h.
São mais de 60 haikais sobre paixão, amor, tesão, desilusão e outras cositas do gênero.
Uma edição da editora Livros de Papel, com capa de Roberto Solino. Um bom presente para o Dia dos Namorados.

Local: Rua Ângelo Varela, Petrópolis (rua do bar Dom Vinicius).





27/05/2017
Hai kai

Coisa mais bonita
esse olhar esmeralda
de kriptonita.





26/05/2017
Agosto Lilás na Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), confirmou o apoio da Casa no Agosto Lilás, promovida pelo Governo do Estado através da Secretaria de Estado de Políticas Públicas para as Mulheres. A campanha marca os 11 anos de vigência da Lei Maria da Penha.

"Essa campanha é muito importante para conscientizar as mulheres sobre a importância da denúncia. Os números são alarmantes e a Assembleia Legislativa não pode negar esse apoio e é entusiasta desse trabalho, por isso também é parceira no projeto", disse Ezequiel Ferreira.

De acordo com dados apresentados pela secretária estadual de Políticas Públicas para as Mulheres, Flávia Lisboa, no Brasil a cada dois minutos cinco mulheres são espancadas; a cada quatro horas, uma mulher é assassinada; uma em cada três mulheres já sofreu violência e seis a cada 10 pessoas conhece uma mulher que já foi vítima de violência.

"Precisamos fazer o RN pensar e se conscientizar na questão da violência contra a mulher. E também lembrar que essa violência não é apenas física. E que essa violência é o início de tudo", destacou Flávia Lisboa.

A programação do Agosto Lilás será formada por atividades em escolas, palestras, debates cursos, rodas de conversa e atendimentos psicossocial e jurídico.

Configura violência doméstica e familiar contra a mulher, qualquer ação ou omissão, baseada no gênero, que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial.

Agosto Lilás na Assembleia Legislativa

A deputada estadual Cristiane Dantas (PCdoB) é autora do projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa, em maio de 2016, que define o mês de agosto como período para a administração estadual promover eventos e ações de combate à violência contra a mulher.

"É muito importante levar proteção à mulher. Esta atuação faz a divulgação dos direitos individuais e coletivos, orienta sobre a legislação e trabalha a prevenção", destaca a parlamentar.





25/05/2017
Ron Wood opera um pulmão

Ronnie Wood, guitarrista da banda Rolling Stones, foi operado com êxito de um problema em um pulmão e deverá estar totalmente recuperado a tempo de participar do início da turnê do grupo a partir de 9 de setembro, em Hamburgo, Alemanha.

Segundo confirmação no próprio perfil do músico nas redes sociais, ele se encontra "bem disposto por haver sido submetido a uma cirurgia para eliminar uma pequena lesão pulmonar que foi descoberta durante um exame rotineiro". Não será necessário nenhum tratamento especial posterior.

Ron Wood completará 70 anos no próximo 1 de junho. Está nos Rolling Stones desde 1975, quando entrou em substituição a Mick Taylor. Começou a carreira em 1964 integrando o grupo The Birds, depois tocou no Jeff Beck Group e no The Faces. Ano passado, foi pai de gêmeas.





25/05/2017
Piada pronta

"Está querendo me ensinar a roubar, é?".

A pergunta do ano, feita por um corruptor - durante delação premiadíssima - a um velho e experiente ex-parlamentar do Rio Grande do Norte.





25/05/2017
Conversa pra boi fugir

O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato, comentou, durante lançamento do seu livro, que concordou com o acordo de leniência firmado entre a Procuradoria-Geral da República, leia-se Rodrigo Janot, e os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS.

"Os fatos que vieram à tona são crimes gravíssimos. Janot conseguiria aquelas gravações com outras pessoas? Não que eu saiba", disse o paladino do Paraná.

Mas não deu um pio sobre o fato da dupla de corruptores ter saído do Brasil como milionários em férias e nada ter sido feito ainda pelas autoridades para que os "irmãos metralhas" sejam extraídos de Nova York e paguem pelos graves crimes de lesa-pátria.





24/05/2017
Gente

Gente que toda hora
se faz brinquedo
gente que não demora
e parte cedo
gente que vai embora
e estira o dedo
gente que se incorpora
ao nosso enredo
gente que se apavora
mas faz segredo
gente que se arvora
em meter medo
gente que não se escora
é um rochedo
gente que nos aflora
em arvoredo.

Gente que vem e vai
como um cigano
gente que nunca sai
do nosso plano
gente que não trai
nem por engano
gente que quando cai
é flor sem ramo
gente que é mãe e pai
ser soberano
gente que apaziguai
sem deixar dano
gente que faz hai-kai
parnasiano
gente que enraizai
ano após ano.





24/05/2017
Deputada enaltece Patrulha Maria da Penha

A deputada Cristiane Dantas (PCdoB) comemorou nesta quarta-feira (24), em pronunciamento na Assembleia Legislativa, a entrada em operação da Patrulha Maria da Penha, nos bairros de Mãe Luíza e Nossa Senhora da Apresentação, em Natal. A ação é fruto da Lei nº 10.097/2016, de autoria da parlamentar, e objetiva prevenir e combater a violência doméstica contra a mulher.

"Participamos hoje pela manhã do lançamento oficial da ação no 4º Batalhão da Polícia Militar. A Patrulha Maria da Penha inicia suas atividades nos bairros de Mãe Luiz e Nossa Senhora da Apresentação, áreas que registram atualmente grandes índices de violência doméstica e agressão à mulher", disse Cristiane Dantas.

Para a operacionalização da patrulha policial, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) trabalhará com as equipes da Delegacia da Mulher (Deam) e da Companhia de Policiamento Feminino (CPFEM), contando também com o apoio das assistentes sociais da Secretaria de Políticas para as Mulheres.

"A Patrulha Maria da Penha é uma importante contribuição do nosso mandato e vai atuar na prevenção, assistência e enfrentamento à violência doméstica contra a mulher", destaca a deputada Cristiane.





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92