BLOG DO ALEX MEDEIROS

14/06/2016
Reaberta a Maternidade de Macaíba

Nos últimos seis anos, a cidade de Macaíba, uma das vizinhas de Natal, ficou sem ver nascer uma só criança. Com a maternidade do Hospital Alfredo Mesquita fechada, as mães macaibenses tinham que se deslocar para Natal e outras cidades, algumas muito longe como Pau dos Ferros, para ganhar seus bebês.

Durante a campanha eleitoral de 2014, o governador Robinson Faria prometeu ao povo de Macaíba e ao prefeito Fernando Cunha que se eleito devolveria a dignidade às mães da cidade. Ontem, ele cumpriu a promessa numa grande solenidade de reabertura daquele hospital. Mais de 3 mil pessoas estiveram no evento organizado pela Prefeitura de Macaíba e outras entidades como a Câmara Municipal.

Logo após o corte da fita de inauguração, Robinson foi informado que uma das gestantes presente ao ato decidiu batizar o seu bebê com o nome do governador. 





14/06/2016
Uma coisa é outra coisa

Com a decisão do ministro Teori Zavascki em tornar nula a gravação do telefonema em que Dilma Rousseff informa a Lula que está enviando o termo de posse para ele "usar se for preciso" (assumir um ministério para ganhar foro privilegiado), fica estabelecido o seguinte: aquilo que você e as torcidas do Flamengo e Corinthians ouviram nunca existiu, nem na prática nem na Teori(a).





14/06/2016
UEFA pode expulsar Rússia da Euro

O Comitê de Disciplina da UEFA decidiu que a seleção russa pode ser desclassificada da Eurocopa se os incidentes envolvendos seus torcedores se repetirem, como ocorreu em Marselha no sábado durante o jogo contra a Inglaterra.

A entidade máxima do futebol europeu se reuniu em Paris e também resolveu multar a federação russa em 150 mil euros. A desclassificação de uma seleção em pleno andamento da competição está prevista no artigo 20 do regulamento disciplinar da UEFA.

"Esta eliminação terá validade até o fim do torneio", disse um representante do comitê, que afirmou que a decisão será efetivada caso "se repitam os mesmos distúrbios que torcedores russos promoveram dentro do Velódromo de Marselha".

Os incidentes deixaram 35 pessoas feridas e ainda há um torcedor inglês internado na cidade francesa em estado grave e com risco de morte. O governo da França já deportou 20 russos, que nunca mais poderão entrar em solo francês.





14/06/2016
Criado o Dia do Livro Infantojuvenil

Lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), institui o "Dia Estadual do Livro Infantojuvenil", a ser anualmente celebrado no Estado do Rio Grande do Norte no dia 08 de setembro. A lei Nº 10.069 foi sancionada pelo governador Robinson Faria.

"A Lei tem como objetivo a valorização e o fomento à convivência da sociedade brasileira, em particular, de nossas crianças, com a produção literária do País, por intermédio da inserção, no calendário do Estado do Rio Grande do Norte, de um dia especialmente dedicado ao livro e, como desdobramento natural, devotado à leitura", comemora Ezequiel Ferreira.

A escolha do Dia Estadual do Livro Infantojuvenil, destinada à celebração da literatura, não é fortuita. Na verdade, ela está condicionada à intenção de consagrar o dia 08 de setembro à prática da leitura em todo o Estado, em alusão ao fato de que este é o dia natalício da escritora Potiguar Nati Cortez, pela sua grande contribuição ao gênero, tendo sido a primeira escritora potiguar que se dedicou a escrever para crianças e jovens, tornando-se pioneira no nosso Estado. Dessa forma, esta celebração estará associada tanto no calendário quanto nas atividades a serem programadas, com o intuito de conferir merecida visibilidade à criação literária e à leitura, fundamentais no processo de formação de todo cidadão.

"Ser escritor de livros infantojuvenis é apresentar o mundo literário às crianças, leitoras exigentes e perspicazes. Um desafio e ao mesmo tempo uma satisfação", explica o jornalista e escritor Juliano Freire de Souza autor dos livros "Doninha e o Marimbondo", "Pereyra - O menino bom de bola" e "Felizardo contra a bruxa da feira" e "Um eterno aprendiz".

Juliano Freire de Souza pensa ser importante esta data instituída pela Assembleia Legislativa, através do deputado Ezequiel Ferreira de Souza, pois a literatura e consequentemente a leitura deve ser cada vez mais estimulada. "Ainda temos, no Rio Grande do Norte, considerável déficit em leitores, boa parte deles não teve oportunidade de acesso aos livros na infância", salienta ao apontar que as principais e mais sólidas pesquisas relativas ao letramento e à aferição da qualidade do ensino demonstram que o interesse pelas obras literárias e pela leitura está intimamente relacionado ao desempenho escolar infantil, além de contribuir, de forma decisiva, para a construção de um cabedal intelectual e emocional, de natureza permanente.

"É importante enfatizar, junto à sociedade, o cultivo do amor aos livros, desde a infância. Este hábito trará o benefício de fomentar e ampliar a convivência das crianças e adolescentes com a leitura, despertando na população para o seu direito de acesso à educação e cultura", enfatiza Ezequiel Ferreira de Souza.





14/06/2016
Márcia Maia quer regulamentar Bolsa Atleta

A regulamentação do projeto Bolsa Atleta, que visa promover apoio financeiro a atletas e paratletas do Rio Grande do Norte, foi novamente tema de pronunciamento da deputada Márcia Maia (PSDB), na manhã desta terça-feira (14), durante sessão plenária na Assembleia Legislativa.

"O programa foi sancionado em junho de 2015 e ainda aguarda regulamentação. Cobramos o cumprimento da responsabilidade do Governo do Estado para que encaminhe o regulamento do Bolsa Atleta. O governador Robinson Faria (PSD) se comprometeu em colocar o projeto em vigor no ano de 2016, período emblemático para o esporte em razão dos Jogos Olímpicos", disse Márcia Maia.

A deputada destacou também que a falta de políticas públicas para o esporte contribui para o aumento da violência no Estado. "O esporte pode salvar vidas. Precisamos de políticas de inclusão social e prevenção. Se não houver um trabalho forte na área de prevenção a tendência da violência é aumentar cada vez mais", declarou.

Márcia Maia cobrou celeridade na regulamentação do Bolsa Atleta e sugeriu que o projeto seja posto em prática mesmo que em menor alcance. "Se não dá para iniciar com muitos atletas, pelo menos que dê o primeiro passo abrangendo apenas o efetivo que for possível atender", concluiu.

Ao final do pronunciamento de Márcia, o deputado George Soares (PR), que presidiu parte da sessão plenária desta terça-feira, fez um apelo ao Governo do Estado pelo pagamento das emendas parlamentares.





Veja o video:

13/06/2016
Mais um vexame

No dia dos namorados, o Peru pegou o Brasil de jeito no Gillete Stadium, de Boston. E como todo peru conta sempre com a mão nas horas dificeis, Raul Ruidiaz meteu com gosto e partiu para o abraço. A seleção de Dunga saiu da Copa América, repetindo um vexame que havia ocorrido em 1987, em solo argentino.

O gol de mão peruano logo trouxe à memória de todos o gol com "la mano de dios" de Maradona na Copa 1986 contra a Inglaterra e o gol com "a mão da virgem Maria" que Tulio Maravilha fez contra a Argentina em 1995.

Talvez o gol de Ruidiaz tenha sido feito por "Konira Viracocha", o deus trapaceiro da mitologia Inca. Ninguém viu direito no momento, e foram precisos uns cinco minutos para que o árbitro confirmasse o gol da desclassificação do Brasil.

Para uma grande parte dos brasileiros, há muito insatisfeitos com os rumos do futebol da seleção desde os recentes fracassos em três copas e três olimpíadas, o vexame contra o Peru foi bem recebido. Até já iniciaram um movimento "Fora Dunga".

O domingo de decepções se completou com as derrotas de Flamengo e Corinthians, donos das maiores torcidas do País.

 





11/06/2016
A improba mente

Quem mente no passado, continua mentindo no presente.

Ontem, em entrevista à jornalista Mariana Godoy, da Rede TV!, a senhora Dilma Rousseff afirmou numa cínica contundência que nunca foi íntima, nem amiga, do senhor Nestor Cerveró, um dos pivôs dos desvios na Petrobras.

Ora, o País quase todo soube no ano passado que Cerveró fazia dupla com Paulo Roberto Costa no esquema do petrolão. Ambos eram, sim, conhecidíssimos da ex-presidente. O segundo estava entre os seletos convidados do casamento da filha dela em 2008.

Onde já se viu a presença de estranhos numa festa tão familiar e íntima?





11/06/2016
Os bundões do PT

A imagem é do protesto petista contra o governo Michel Temer, ontem na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Diante da ridícula imagem, impossível não lembrar do senhor Luiz Inácio, o chefão petista, que classificou de "bundões" os militantes do PT no Rio Grande do Norte.





Veja o video:

11/06/2016
Comoção nos EUA com o assassinato de jovem cantora

A cantora americana Christina Grimmie, de apenas 22 anos, e conhecida pela participação no programa The Voice, foi assassinada a tiros por um jovem quando dava autógrafos após um show em Orlando, na Flórida. O criminoso se matou logo depois.

"É com profundo pesar que confirmamos a morte de Christina Grimmie por causa dos seus ferimentos", disse um comunicado da Polícia de Orlando através da conta oficial do Twitter.

Seu empresário, Heather Weiss, pediu em nota que "se respeite a intimidade dos seus familiares e amigos". O irmão da cantora ainda tentou derrubar o criminoso (cuja identidade não foi divulgada) antes que este apontasse a arma para si mesmo.

O crime ocorreu no teatro The Plaza Live, onde Christina se apresentava com a banda Before You Exit. Os disparos, em torno de cinco, aconteceram diante de umas 60 pessoas que se acercaram da artista para pegar autógrafos. Ninguém mais se feriu.

Christina Grimmie ganhou popularidade antes mesmo de ter êxito no The Voice em 2014. Tinha uma intensa atividade no portal YouTube, onde ganhou fãs e boas críticas. Tudo leva a crer que ela foi mais uma vítima do assédio de admiradores psicopatas.





11/06/2016
Messi em estado puro

O jogo estava morno e os ânimos dos jogadores do Panamá estava fervendo. Após tomar um gol do zagueiro Otamendi com apenas 6 minutos, o clima ficou hostil para os jogadores argentinos. Caindo pelo lado esquerdo, Di Maria construía as melhores jogadas do time de Tata Martino.

Os panamenhos incorreram num erro infantil muito comum à seleção brasileira quando enfrenta a Argentina ou o Uruguai: querer repetir uma prática que os rivais têm muito mais experiência, a provocação com pitadas de catimba. Aí ficou com dez homens em campo na expulsão do zagueiro Godoy.

Nas arquibancadas, como se ignorassem o futebol cômodo da sua seleção que cozinhava o magro placar, os torcedores platinos se dividiam em gritos e fotos selfies para quando o telão exibia a imagem de Lionel Messi, de barba ruiva, no banco de suplentes do time.

E quando Di Maria caiu mais uma vez pela esquerda, desta vez literalmente e foi retirado de campo, a impressão generalizada era de que finalmente a Copa América teria a estreia do gênio de Rosário, o personagem mais cultuado na competição pelo povo e pela imprensa.

Mas Messi não veio e o primeiro tempo se arrastou no 1 x 0. O segundo tempo começou do mesmo jeito, só que agora com Éver Banega tentando suprir a ausência da criatividade de Di Maria. Até que aos 15 minutos, a torcida levantou e gritou quando Messi se postou na linha lateral para entrar.

Entrou para mudar o cenário do jogo e a história do resultado. Em apenas 30 minutos, fez três belos gols e ainda colocou uma bola açucarada para Aguero completar a goleada de 5 x 0. Uma atuação para legitimar a comparação feita na imprensa de Chicago: "Messi é o Michael Jordan do futebol".

E se Messi não foge ao costume de dar espetáculo, também não foge dele o estabelecimento de marcas históricas. Tornou-se o único reserva a fazer um hat-trick em 100 anos de Copa América e se aproximou do recorde de Batistuta como maior artilheiro da Argentina (tem 53 contra 54 ou 56, conforme duas versões na mídia hermana).

Ao final do jogo, driblando como sempre a vaidade, resumiu seu show particular a uma consequência do esforço coletivo. Já de madrugada em Buenos Aires, o site do diário Olé antecipou a euforia da capa impressa do sábado com a manchete "Copa Améssica".

A grande verdade é que há duas Argentinas, uma sem Messi e outra com Messi, esta última a ponto de encerrar o jejum que se arrasta desde a geração Maradona. Com o craque do Barcelona, o time ganhou o segundo ouro olímpico e chegou em duas finais seguidas, na Copa do Mundo 14 e na Copa América 15.





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71