BLOG DO ALEX MEDEIROS

04/05/2019
TN Online aumenta sua audiência digital

O site do jornal Tribuna do Norte, www.tribunadonorte.com.br, registrou entre janeiro e abril um crescimento extraordinário de leitores, alcançando o número de 3,3 milhões de visitas no portal, que segue consolidado na liderança de audiência digital em todo o RN. O TN Online tem sido há anos o primeiro colocado na produção de conteúdo jornalístico no mercado de internet potiguar.

       



02/05/2019
Terra pode ser destruída em 2027

A Rede Nacional de Alerta de Asteroides (IAWN, na sigla em inglês) calculou que um asteroide de grandes dimensões poderia passar muito perto da Terra em 2027, especificamente no dia 29 de abril, e estimou haver 10% de uma colisão devastadora com o planeta.

Diante dessa ameaça, astrônomos de vários países tiveram que correr para estudar como evitar uma catástrofe sem precedentes. Durante um encontro, eles fizeram simulações com um panorama por enquanto fictício, mas sujeito a se tornar realidade.

A Conferência de Defesa Planetária, convocada pela Academia Internacional de Astronáutica em Washington, nos EUA, reuniu pesquisadores para simular como reagir ao cenário fictício criado pela Nasa, a agência espacial americana.

Os especialistas tiveram que elaborar estratégias preventivas para o caso de algum dia um asteroide se aproximar, de forma real e perigosa, da Terra.

 

       



02/05/2019
Entre a intervenção e a sanção

Depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, disse na manhã de hoje que "muitas coisas vão acontecer na Venezuela nos próximos dias", o secretário interino da Defesa, Patrick Shanahan, e o chefe do Estado-Maior Conjunto, Joseph Dunford, cancelaram uma viagem oficial planejada para a Alemanha e começaam a trabalhar nos planos de contingência para a Venezuela.

Apesar das repetidas ameaças de Trump para usar a força militar na Venezuela, a verdade é que a Casa Branca tem se concentrado até agora em sanções econômicas ao regime de Maduro e também à Cuba.

Entrevistado no canal Fox, Trump disse: "Estamos fazendo todo o possível antes de termos que decidir pela última opção, e tenho que dizer a vocês que há muita pessa dentro e fora dos EUA me pedindo a última opção". 

       



02/05/2019
O príncipe do reino de Pindorama

Versão do grito do Ipiranga, o príncipe do Brasil atual levantou a voz em relação à tensão na Venezuela. Luiz Philippe de Orleans e Bragança, um dos herdeiros do antigo império, disse que o Brasil não pode ficar à margem da crise vizinha se os EUA fizerem uma intervenção militar.

Para o nosso suposto príncipe, quem tem que liderar a invasão ao território do narcoditador Maduro é a força militar brasileira e não a americana. Ele gritou no Twitter que não vai gostar se houver uma intervenção externa. "Essa responsabilidade deve ser nossa", concluiu.

       



Veja o video:

02/05/2019
Messi desafia as leis da natureza

O Liverpool tem um belo time desde as duas últimas temporadas. Nem mesmo a saída de Coutinho, na transferência para o Barcelona, alterou o ritmo de jogo da equipe do técnico alemão Jurgen Klopp, que vive o drama de jogar bem, mas sem ganhar títulos. O Liverpool raspou a trave ano passado.

E na partida de ontem, diante do Barcelona, em Camp Nou, os reds parecem sinalizar que este ano pode outra vez tirar um fino numa taça. O time até que jogou bem, entrou em campo sem dar a menor bola para a pressão que vinha das cem mil vozes nas arquibancadas.

Klopp sabia que se fosse agressivo, partindo para cima, não permitiria que o Barcelona fizesse o que sempre sabe fazer: tocar a bola e construir as vitórias. A coisa vinha dando certo, o Liverpool começou melhor, com mais posse de bola, não deixando o adversário pensar. E quando o Barça perde tempo correndo pra tomar a bola, perde também seu ritmo.

Mas, aí, numa bola lançada milimetricamente pelo lateral Jordi Alba, o atacante Suarez se adiantou à zaga inglesa e tocou de ponta de bota na saída do goleiro Alisson, que também é goleiro da seleção brasileira. Com isso, o Barcelona continuou com menos posse de bola, mas cadenciava o jogo confortado pela vitória. O Liverpool acelerou e quando o primeiro tempo acabou, o time tinha 54% de controle da bola.

O segundo tempo iniciou seguindo o mesmo script. O Liverpool sabia que um empate facilitaria as coisas no jogo da volta em casa, enquanto o Barcelona pensava igual, só que precisando de um segundo gol pra dar boa margem de vantagem. O que faltou ao Liverpool foi uma melhor vigilância em Messi, que diminuiu o ritmo do primeiro tempo - quando jogou até no desarme - e com isso passou a economizar gás.

E se Messi repõe as baterias, é um perigo letal num segundo tempo. O gênio passou a pensar mais o jogo, fazer a leitura correta do espaço tático. E isso ele faz com a maestria de um Einstein analisando a tabela periódica. Do outro lado, o Liverpool apostava as fichas no egípcio Salah, que já mostrou que é capaz de coisas "messiânicas". Quase enlouquece o zagueiro francês Lenglet e o goleiro alemão Ter Stegen, que entre tantas defesas nas bolas atiradas por Salah tirou uma no tapa com a precisão de uma raquetada de Roger Feder.

O problema do Liverpool e de qualquer adversário do Barcelona é que quando há duas estrelas em campo, o brilho de Messi acaba ofuscando tudo. E quando estamos num ano em que ele decidiu arrebentar para ganhar tudo, ele entorta até as leis da natureza. Messi ocupou os espaços, tirou o Liverpool de órbita e com dois gols - um deles uma obra de arte - pulverizou o sonho e desejo do técnico Klopp em sair da Catalunha com ferimentos leves. Não há remédio diante de um craque que é doutor em futebol.

       



02/05/2019
Prossegue a licitação da Assembleia

Hoje encerrou mais uma fase da licitação publicitária da Assembleia Legislativa do RN, com o presidente da comissão dando ciência às agências licitantes sobre o resultado final da subcomissão técnica que avaliou as propostas de todas.

Na ata oficial foi registrada a classificação de quatro empresas, das oito que disputaram o certame: Executiva, Art & C , Base e Faz. Estão desclassificadas por erros previstos no edital as agências Ratts, Armação e Marca. A agência Criola ficou em quinto lugar e fica fora por serem apenas quatro as contratadas.

A partir de hoje, é dado um prazo de 5 dias para recursos e questionamentos. Após isso, o resultado técnico é oficializado e marca-se a data da abertura dos envelopes com as propostas de preço, que tradicionalmente nas licitações públicas não influenciam as notas obtidas pelas empresas.

       



02/05/2019
Favelas do Brasil, de Carlos Soares

O natalense Carlos Soares, um dos grandes nomes das artes plásticas no Nordeste, está novamente participando de um concurso internacional em galerias europeias. A tela que enviou para o certame é "Favelas do Brasil", na foto acima.
Abaixo, o texto de apresentação que fiz para o quadro desse artista especial e um irmão que a vida me deu desde 1972, ano em que iniciamos juntos o ginásio na escola Winston Churchill.

FAVELAS DO BRASIL

O escritor francês Antoine de Saint-Exupèry dizia que em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos. Creio que são essas imagens ou viagens oníricas que alimentam a imaginação dos artistas, em quaisquer gêneros das artes.

O artista plástico brasileiro e potiguar Carlos Soares, que tem a incrível facilidade de brincar com as cores e inserir nelas as imagens ao olhar do espectador, constrói na geografia das ruas do Brasil e na realidade das moradias simples a sua própria paisagem em planícies de telas e paraísos cromáticos.

Retira da anarquia arquitetônica e da vida violável das favelas nacionais a conjunção de cores que transforma em arte o cimento coletivo da pobreza, deixando ao observador a imaginação sobre os silêncios humanos na paisagem interior. É o artista transferindo o seu olhar para o público.

Para o escritor Anatole France, outro francês, todas as nossas misérias verdadeiras são íntimas e causadas por nós mesmos. Ele discordava da visão de que estas viriam de fora, e afirmava que eram da nossa própria substância.

Pois quando Carlos Soares transporta para as telas a miséria das periferias, numa hemoptise de cores, é a sua substância clareando o que para muitos é secreto. Como disse o britânico Francis Bacon, todas as cores concordam no escuro.

       



01/05/2019
Papa Francisco e a narcoditadura

O leitor já se perguntou por que o Papa, este "homem santo" dos católicos, não faz uma declaração em favor dos milhões de famintos e perseguidos pela ditadura comunista venezuelana, nem critica o regime autoritário bolivariano?

Simples. O silêncio da vossa santidade tem um preço tão altíssimo como a nomenclatura utilizada em referência ao próprio deus cristão. É que no Banco do Vaticano estão bem protegidas, abençoadas pelo pontífice, as contas milionárias de Nicolás Maduro, Diosdado Cabello (presidente do congresso bolivariano) e Maria Chávez (filha do ex-ditador já morto).

Cabello tem 50 milhões de euros; Maria tem 851 milhões de euros; e Maduro tem 859 milhões de euros. Uma soma de 2,5 bilhões de euros sob a guarda da casa financeira e divina de Roma. 
Ou seja, Francisco não vai se meter com a Venezuela só porque alguns milhões de filhos de deus estão morrendo de fome e sem liberdade.

       



01/05/2019
Armas brasileiras em favor da Venezuela

A esquerda do Brasil está com seus canhões prontos para enfrentar o gópi de Juan Guaidó. Após as notas oficiais do PT, PSol e PCdoB defendendo a ditadura comunista de Nicolás Maduro, as legendas oferecem seu arsenal para reforçar as milícias e os generais traficantes.

Se o narcoditador precisar, embarcam pra lá de imediato Jandira Feghali, Gleisi Hoffmann, Benedita da Silva, Maria do Rosário, Perpétua Almeida, Rosa Neide, Margarida Salomão, Erika Kokay, Fátima Bezerra, Luiza Erundina, Sílvia Cristina, Zenaide Maia, Joenia Wapichana e Regina Sousa.

       



01/05/2019
Milionário banca 5 mil mercenários na Venezuela

A agência Reuters informou que o milionário americano Erik Prince, fundador do grupo de mercenários Blackwater, organiza há meses um exército de 5.000 homens para derrubar a ditadura comunista de Nicolás Maduro. Prince tem negócios tanto com Donald Trump quanto com Vladimir Putin, diz uma reportagem publicada hoje no jornal espanhol El Mundo.

Se a informação for correta, se trata de uma faca de dois gumes que pode ajudar o regime bolivariano da Venezuela, que já leva anos explorando com algum êxito o fantasma da intervenção militar estrangeira para justificar sua repressão e o caos econômico que destruiu o país.

Maduro, além do mais, está protegido por algumas centenas de mercenários russos de uma empresa chamada Wagner, também ligada a Vladimir Putin como a Blackwater, e que exerce o papel de verdadeira "guarda pretoriana" do ditador venezuelano, e em conjunto com militares cubanos.

Sem dúvida, parece que Erik Prince não conta com nenhum apoio, nem da oposição venezuelana nem dos países que querem a volta da democracia no país. Fontes ligadas a Juan Guaidó declararam à Reuters que não têm relação alguma com o empresário.

A Casa Branca declarou que não apoiaría a ação do milionário e sua Blackwater, acusados diversas vezes por violações de direitos humanos em diversas invasões, como a matança da Plaza de Nisour, en Bagdá, quando os mercenários assassinaram 17 civis iraquianos num ataque en 2007.

Prince adentrou nos negócios de guerra e guerrilha após ficar milionário com a empresa Frontier Services Group (FSG), constituída no paraíso fiscal de Bermuda e operando na bolsa de valores de Hong Kong. Entre seus sócios está o fundo chinês CITIC, onde o banco espanhol BBVA tem 10% de capital.

Prince empreende todo tipo de atividades: desde inversão indireta até construção de obras públicas e fábricas, passando por venda de armas e a construção de bases militares do Exército da China. São essas ligações legais ou ilegais com Rússia, China e EUA que permitem as ações do Blackwater pelo mundo afora.

Não duvidem que ao fim dos conflitos na Venezuela, Erik Prince será uma das partes a ganhar muito com o petróleo, qualquer que seja o resultado político e econômico no país.

       



1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20