BLOG DO ALEX MEDEIROS

Veja o video:



Veja o video:



13/09/2016
Brasil da piada pronta

A posse da nova presidente do Supremo, Carmem Lúcia, foi marcada por discursos de combate à corrupção, como alardeou hoje a imprensa tupiniquim.

Nada mais surreal do que uma cerimônia pomposa da alta câmara do Poder Judiciário tendo entre seus convidados a nata dos corruptos do País, como Lula, Renan, Sarney e assemelhados. 





13/09/2016
As pesquisas estimulantes

Em toda eleição a cantilena é a mesma.
A mídia supervaloriza as aferições estimuladas das pesquisas e os marqueteiros dos candidatos manufaturam as táticas de linguagem para arrancar os devidos dados positivos para seus clientes.
Derna do tempo dos jornais (para a maioria que vive nas redes sociais, jornal era uma série de papeis encadernados sem grampo com notícias impressas em máquinas rotativas), que eu digo que a pesquisa estimulada esconde a realidade das ruas e o desânimo do eleitor.
Da forma que é abordada por parte da imprensa e pelos comunicólogos de plantão, a estimulada bem poderia ser chamada de estimulante, pois é para isso que ela serve no processo de supervalorização dos seus resultados.
Na verdade, o que melhor evindencia a realidade é a pesquisa espontânea, quando os nomes dos candidatos não são citados para a opção do eleitor pesquisado. E é aí que a rejeição a todos se agiganta, que vemos de fato como não há campeão de votos nem favorito galgado à condição de imbatível.
Em Natal, por exemplo, qualquer pesquisa espontânea que não revelar um índice acima dos 60% de eleitores ignorando a eleição para prefeito, está longe de uma precisão científica. É só estímulo ao empirismo das análises jornalísticas.





13/09/2016
Servidores da AL doam sangue

O desejo de ajudar pessoas e salvar vidas. Esta foi a principal motivação dos servidores da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, que participaram da ação coletiva de doação de sangue nesta terça-feira (13). A coleta está acontecendo das 8h às 15h, na unidade móvel do Hemonorte, que está em frente à sede do Poder Legislativo.

"Eu já sou doador regular e faço isso porque me sinto gratificado em ajudar pessoas que necessitam", afirma Edilson Fernandes Dutra, que trabalha no Comitê de Imprensa da Casa e que não hesitou em participar. Ele conta que recentemente participou de uma campanha de coleta de sangue para uma paciente do interior em estado grave de saúde, que ficou restabelecida e que sempre colabora com o Hemonorte.

A enfermeira Leila Florêncio, do setor de Saúde da Casa, havia acabado de fazer sua doação e afirmou que a comodidade pelo fato da unidade móvel estar próxima a motivou a fazer sua primeira doação. "Quero ser uma doadora regular e aproveito para avisar aos colegas que não dói nada", disse. Leila tem o tipo AB negativo, um dos que estãoem baixa no estoque.

A técnica de enfermagem Eva Moreira, servidora do Hemonorte, integra uma equipe de oito servidores que estão trabalhando na coleta e reforçou a necessidade dos tipos de sangue com fatores negativos (O e AB). A iniciativa partiu do setor de Saúde da Casa, que se sensibilizou com os números do Hemonorte, pois os tipos com fatores negativos (O e AB negativo) estão em situação crítica, comprometendo o fornecimento de sangue e hemocomponentes para a rede hospitalar.







Veja o video:



08/09/2016
É amanhã e sábado

Das 18h a 00h na rua do bar Mormaço, com acesso gratuito.
As melhores bandas e nomes renomados do mundo pop natalense tocando e cantando os clássicos dos Beatles.
Vá de táxi para facilitar a chegada e a saída do evento.





08/09/2016
Ezequiel quer melhorias para Nova Cruz

Provocado pela comunidade de Nova Cruz, na região Agreste do Estado, localizada a 93 quilômetros de Natal, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) solicitou ao Governo do Estado uma nova viatura policial, um veículo tipo ambulância, a inclusão o município no programa "Defensoria na Comunidade" e a pavimentação e drenagem de ruas do município.
"São ações nos setores de segurança e saúde pública. Carências ainda presentes na comunidade de Nova Cruz. Também solicitei a inclusão da cidade no programa itinerante do Governo do Estado que promove a cidadania em parceria com diversas instituições, o Defensoria na Comunidade", explica Ezequiel Ferreira, que também busca a pavimentação e drenagem de ruas para Nova Cruz, mediante convênio entre Governo e o município.

Para justiçar o pleito, o deputado levou em consideração que a falta de pavimentação e drenagem em ruas urbanas prejudicam e dificultam o tráfego e o acesso dos moradores. "O Governo do Estado precisa levar investimentos como drenagem e pavimentação de ruas no interior, que irão contribuir para valorização dos imóveis e para integração da comunidade. A realização de parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal leva para os municípios infraestrutura necessária, principalmente para as comunidades mais carentes e demonstra a participação que o Governo está fazendo em parceria com os municípios distribuindo recursos e investindo na infraestrutura", salienta.





07/09/2016
Para José Dias, governo não resolve crise sozinho

A falta de recursos para investimento e custeio, agravando a crise nas áreas de segurança, saúde, entre outras, foi ressaltada pelo deputado José Dias (PSDB) como um dos principais problemas que o Governo do RN está enfrentando. Em pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (6), o deputado afirmou que todos os poderes tem que se unir e fazer a sua parte.

"O grande problema que nós temos é o financiamento das ações. Há um déficit orçamentário de cerca de R$ 1 bilhão. Temos que entender que o Governo sozinho não tem condições de ´fazer um milagre´, mas tem que chamar todos os atores políticos e a sociedade, mostrar como está a situação e buscarmos juntos resolver", afirmou.

O deputado também lembrou que a própria União tem déficit orçamentário e vem recorrendo a empréstimos com altos juros. Afirmou que a situação do RN não é única e citou a dificuldade do Governo do RN em atender demandas que estão agravando a crise nos serviços básicos e outras como as conquistas salariais dos servidores. "Há um represamento por conta da impossibilidade do Estado em responder a essa demanda. Os aumentos são represados, escalonados em dois e até quatro anos e o que foi garantido irresponsavelmente no passado o Governo atual não está podendo pagar", afirmou.

José Dias afirmou que a situação do RN não é única e reforçou que os demais Poderes também precisam fazer a sua parte. Em aparte o deputado George Soares (PR) afirmou que é preciso reformas no País: "A economia não está suportando e é preciso coragem para fazer as reformas necessárias", afirmou.





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99