BLOG DO ALEX MEDEIROS

04/07/2016
Ameaçado de morte, Kajuru sumiu

Um dos apresentadores esportivos mais polêmicos do País, Jorge Kajuru está desaparecido desde sábado, segundo denunciou pelo Twitter um colega que trabalha como redator e produtor dele.

"Sou produtor e redator do Kajuru. Socorro, ele está desaparecido desde as 14h de sábado. Tudo muito estranho", escreveu o produtor na página oficial do microblog do jornalista. "Quem tiver informações dele, por favor, ligue no (62) 98146-3203", concluiu.

De acordo com o apresentador Cesar Filho, da TV Record, Kajuru estava sendo ameaçado. "Atenção! Jorge Kajuru está desaparecido. Ele me confidenciou, há algum tempo, que vinha sofrendo ameaças... Qualquer informação, ligue para a polícia!", escreveu Cesar.

Afeito a celeumas na TV e no rádio e com temperamento explosivo, Kajuru ficou famoso por atacar figuras célebres do esporte e da política. Chegou a ser agredido ao vivo por um lutador durante uma entrevista.

Seu comportamento já rendeu mais de 130 processos judiciais e algumas demissões nas muitas emissoras de TV e rádio onde já trabalhou. Segundo Cesar Filho, Kajuru foi visto pela última vez em Goiânia, cidade onde tem fortes desafetos.

Em 2002, ele declarou ter sido obrigado a se retirar do estado de Goiás pelo governador Marconi Perillo, após publicar o livro "Dossiê K", em que revelava os esquemas de corrupção do político. Foi condenado a pagar R$ 30 mil e a cumprir pena de um ano e seis meses de prisão em regime aberto.

Em algumas entrevistas, Kajuru já disse que foi jurado de morte por um político de Goiás em 1999. Chama atenção o fato de, apesar de ter desaparecido às 14h de sábado, Kajuru ter postado uma mensagem em sua conta no Twitter por volta das 23h do mesmo dia, elogiando o trabalho de Vladimir Netto, repórter que lançou um livro sobre a Operação Lava Jato.

As mensagens seriam escritas pelo assessor porque ele, por conta de problemas médicos, tem dificuldade de visão. Foi esse assessor quem teria denunciado o sumiço na página do Twitter.

 





04/07/2016
Jornal diz que Kajuru está morto

O portal do jornal O Extra, de Goiânia, publicou ontem à noite que um corpo encontrado no município de Goianésia seria do jornalista Jorge Kajuru, desaparecido desde a tarde do sábado, segundo um seu colega de trabalho.

O Extra não noticiou mais nada e nenhum veículo até agora confirmou a versão de que o cadáver encontrado é mesmo do apresentador esportivo.





04/07/2016
PGR investiga presidente do STJ

A Procuradoria-Geral da República está aprofundando as investigações sobre o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Francisco Falcão, por suspeitas de que a offshore LLC Areia Branca, aberta há dez anos em Miami em nome de Djaci Falcão, ex-ministro do STF e pai do presidente do STJ, seja usada para ocultação de patrimônio. A informação é da coluna de Lauro Jardim, na edição de O Globo de domingo.

A Areia Branca tem como sócio Djaci Neto, advogado e filho do presidente do STJ. Djaci pai morreu há quatro anos, mas responde pela empresa até hoje, de acordo com os procuradores. Há também investigações sobre imóveis no exterior (apartamento e escritório) com valores acima de US$ 3 milhões, todos em nome de parentes de Francisco Falcão, segundo Lauro Jardim.

"Não existe nada disso. Meu pai nunca teve conta ou empresa no exterior. Meu filho tem, sim, mas está tudo declarado no Imposto de Renda dele. Não tenho nada com essa offshore. Aliás, nem sei o que é offshore. O que é uma offshore?", respondeu perguntando o presidente do STJ.





04/07/2016
O prefeito não engole o PMDB

Em princípio o PMDB de Henrique Eduardo Alves poderá indicar o vice na chapa do primo Carlos Eduardo Alves (PDT). A opção está na mídia faz tempo, mas a questão é que entre quatro paredes o prefeito de Natal procura um jeito de se desgrudar do partido da família, principalmente por causa dos efeitos da Operação Lava Jato.

Os nomes para compor com ele estão na ordem do dia: Hermano Morais, Álvaro Dias, Marcelo Queiroz, Fred Queiroz... No entanto, Carlos se nega a bater o martelo no prego, que continua com a ponta esticada como que apontando para as incertezas de uma aliança que pode contaminar sua campanha.

Não se espantem caso o PMDB lance um candidato próprio a prefeito. E aí há duas leituras para Carlos Eduardo: por um lado, se livra do possível prejuízo de imagem, mas por outro atira no contexto mais uma candidatura que pode garantir o segundo turno, um perigo para sua reeleição.





02/07/2016
Milhares em Londres contra o Brexit

Milhares de pessoas realizam neste sábado, em Londres, a "Marcha pela Europa", uma manifestação de repulsa ao resultado do referendo de 23 de junho que decidiu pelo afastamento do Reino Unido da União Europeia.

A passeata se iniciou ao meio-dia (9h em Brasília) no Park Lane e avançou em direção à praça do Parlamento Britânico, atravessando o centro da capital inglesa. Duas palavras de ordem se destacam na multidão, "UE, te quero" e "Esperança em lugar do òdio".

Alguns curtos discursos pelo caminho pedem que o Parlamento use sua soberania para salvar a Inglaterra da crise. Segundo setores da imprensa londrina, muitos eleitores que votaram em favor do "Brexit" já se arrependeram e estão agora no meio da marcha.





02/07/2016
PMDB e PT em igualdade de rejeição

Pouco depois de completar um mês, o governo do presidente Michel Temer (PMDB) foi considerado ruim ou péssimo por 39% dos brasileiros, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada ontem.

A aferição referente ao mês de junho, período de fogos e quadrilhas, deixa claro que Temer tomou bomba sem direito à lua de mel com a população.

Mas o PMDB comemora a diferença de quase 40% em relação à reprovação do governo Dilma à época do seu afastamento, quando a petista tinha 69% de rejeição popular.

Agora, Temer é aprovado por apenas 13% contra 10% de Dilma. Ou seja, como exemplo de gestão - na opinião do contribuinte - os ex-amigos da aliança PT-PMDB estão pertinho de semelhantes.

Alguns petistas festejaram nas redes sociais a baixa aprovação de Temer. A questão é que nem o PT tem motivos para festa e nem o PMDB tem razões para dissimular uma tranquilidade.

Aos poucos, de pesquisa em pesquisa, o povo brasileiro vai percebendo que é urgente tirar os dois partidos do cenário, sob pena de ambos aniquilarem toda e qualquer esperança de arrumação num país há muito quebrado e alquebrado.





02/07/2016
Piada pronta

Muitos fãs de Star Wars tomaram um susto na manhã deste sábado ao ver o nome de George Lucas nos trending topics do Twitter, o ranking dos assuntos mais comentados do dia e que geralmente destaca celebridades que acabaram de passar dessa pra pior.

Mas, ainda bem, a saúde do produtor, cineasta e roteirista americano está normal. O motivo nos TT foi sua presença nos treinos da F1 que decidiram a pole position de amanhã no circuito Red Bull Ring, na Áustria.

Além do alívio, os fãs da mais incrível franquia cinematográfica tiveram a piada pronta para catapultar o nome do criador no Twitter. George Lucas em Spielberg (nome da cidade onde fica o autódromo).





02/07/2016
O fator Eduardo

Antes escrevi aqui sobre a "síndrome de Eduardo", a respeito das eleições para prefeito de Natal. Hoje destaco o fator que não poderia jamais deixar de linkar o presidente da Câmara Federal afastado ao ex-ministro do Turismo.

A denúncia da Procuradoria-Geral da República contra Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves era só uma questão de tempo. Se há dois políticos com estreita relação política e pessoal em Brasília são eles.

Um sucedeu o outro na presidência, com a força de articulação do PMDB de Michel Temer, dileto companheiro da dupla. O ditado popular (que muitos pensam ser versículo bíblico) "diga-me com quem tu andas e eu te direi quem és" cabe bem no contexto.

Eduardo e Eduardo não se relacionavam apenas no jogo do Parlamento, mas no cotidiano das suas famílias. Viajavam juntos em programações de feriados e frequentavam bons restaurantes ao lado das respectivas esposas.

Com tamanha afinidade e parceria, não iriam deixar de fora a melhor parte: dinheiro. No mundo político, versa-se o velho ditado: amigos, amigos, negócios juntos e misturados. 





02/07/2016
A grana suja da eleição

Some-se o dinheiro de apenas duas empresas investigadas na Operação Lava Jato, da Engevix e da Friboi, e se as tropas de Sergio Moro e Rodrigo Janot instigarem o STF vai ter mandato de senador sendo cassado no RN.





02/07/2016
Amor pela profissão

A libido funcional está conseguindo fazer o jornalismo desbancar a mais antiga profissão.





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92