BLOG DO ALEX MEDEIROS

16/06/2016
Picuinha virtual

Logo que o noticiário destacou a delação de Sergio Machado contra 21 políticos, tendo entre eles os potiguares José Agripino, Garibaldi Filho, Henrique Alves, Felipe Maia e Walter Alves, a militância do PT caiu em campo e disparou pancadas no quinteto. 

Nas redes sociais do deputado estadual Fernando Mineiro apareceu um tablete (pequeno anúncio para uso na web) com uma montagem dos cinco políticos e a frase "Cinco homens e nenhum paneleiro" (em Portugal o termo significa homossexual, gay, viado...).

Não demorou e a reação à piada do deputado petista veio no mesmo formato: apareceu um outro tablete com uma montagem em que Mineiro aparece ao lado de Lula e José Dirceu, tendo a frase no alto "O candidato de Zé Dirceu e Lula quer ser prefeito". Logo abaixo, a hashtag #ForaMineiro.

A guerra parece estar só começando e terá seu ponto alto na eleição para prefeito de Natal.





16/06/2016
Henrique está fora

O Ministro do Turismo dos governos de Dilma e de Temer, Henrique Eduardo Alves (PMDB) pediu demissão. A informação foi confirmada pelo Palácio do Planalto minutos antes do blog noticiar o fato.

Henrique foi citado na delação do ex-presidente da Transpetro, Sergio Machado, que o denunciou por supostamente ter recebido propina de R$ 1,55 milhão no esquema da Lava Jato.

Ele é o terceiro ministro do governo de Michel Temer a sair do cargo. Romero Jucá se licenciou do Planejamento e Fabiano Silveira pediu demissão da Transparência. Ambos haviam sido citados em gravações de Machado.

Em março deste ano, o ministro já havia pedido exoneração do cargo por considerar que o "diálogo" com o governo Dilma havia se "exaurido", na mesma época em que o PMDB anunciou rompimento com o PT.





16/06/2016
Brasília urgente

Um assunto circula nesse momento na capital federal: o ministro do Turismo, Henrique Alves, decidiu pedir o boné e entregar o cargo ao amigo Michel Temer.





16/06/2016
#FORATODOS

O Brasil precisa urgentemente de uma intervenção. E não importa que isto pareça um golpe contra o processo democrático. A Nação não tem tempo para análises sociológicas e a sociedade exige um basta na roubalheira epidêmica.

É hora do Poder Judiciário e do Ministério Público pedirem o auxílio das Forças Armadas e da Polícia Federal para fazer uma faxina ampla e irrestrita no cenário de lixo e imundície composto (ou decomposto) pela política partidária e que apodereceu a administração pública.

Dilma Rousseff, a improba, foi enxotada do Planalto pelas pedaladas fiscais, a manobra contábil que driblou e feriu a Lei de Responsabilidade Fiscal. Mas, a "presidanta" merecia também cair fora pelo envolvimento nos escândalos do seu partido, o PT. #ForaDilma

Michel Temer assumiu a Presidência da República e em poucos dias a lama começou a escorrer pelos esgotos do seu partido, o PMDB. Dia após dia, como ocorreu no PT, figurões e militantes peemedebistas vão sendo desmascarados e denunciados por seus crimes de lesa-Pátria. O novo presidente também frequentou o propinoduto. #ForaTemer

É preciso reparar o dano incomensurável que os partidos e os políticos causaram no País. O problema é que qualquer saída vai acabar com o Brasil caindo nos braços da política, hoje congestionada de figuras ilegítimas com suas reputações bandidas. A alternativa de novas eleições seria apenas um novo jogo com as mesmas peças no tabuleiro velho.

Chegamos ao fundo do poço. A crise que começou econômica, tornou-se política e ganhou proporções tenebrosas de crise moral, ética e institucional. Não podemos deixar a Pátria na mão desses vermes que hoje ocupam o Congresso, o Planalto, a Alvorada, o Jaburu e todas as siglas partidárias.

Só uma ação coletiva dos setores onde ainda habitam alguns cidadãos de bem pode dar um freio no caos e iniciar uma operação de resgate da moralidade. Autoridades do Judiciário e MP, agentes da PF e militares das três armas não podem e nem devem se acovardar nessa hora em que o Brasil sangra.

Intervenção já! Vamos recuperar a dignidade da Nação e devolvê-la ao seu povo. 





15/06/2016
Cresce elenco do novo Homem-Aranha

O novo filme do Homem-Aranha, intitulado "Homecoming" (de volta ao lar) segue somando nomes ao seu elenco. O mais novo convidado é o ator, rapper e roteirista Donald Glover, conhecido por escrever o seriado "Um Maluco na TV" e pela participação no filme "Perdido em Marte".

Segundo o site especializado The Hollywood Reporter, ele foi procurado pelos produtores do filme e deverá estar na nova aventura do aracnídeo, que estreia no verão de 2017.

Ainda não se sabe que papel caberá a Glover, apenas que será um dos personagens mais próximos de Peter Parker, que estará de volta aos tempos da adolescência enfrentando os valentões do colégio, a timidez com as garotas, os ataques do Abutre e sendo mimado pela tia May, encarnada pela grande atriz Marisa Tomei.

Os fãs do Homem-Aranha já foram apresentados ao jovem herói no último filme dos Vingadores, "Capitão América - Guerra Civil", interpretado pelo ator e dançarino inglês Tom Holland. "Homem-Aranha - De Volta ao Lar será dirigido por Jon Watts.





15/06/2016
Bebidas quentes provocam câncer

O consumo de bebidas muito quentes é uma "causa provável" do câncer de esôfago, declarou hoje pesquisadores do centro de investigação da doença que integram a Organização Mundial de Saúde (OMS).

O Centro Internacional de Investigação sobre Câncer (CIRC, sigla em francês) eliminou também as suspeitas sobre o café ou o chá-mate, consumidos a temperaturas normais.

"Estes resultados permitem pensar que o consumo de bebidas muito quentes é uma causa provável de câncer de esôfago e que é a temperatura, mais do que a bebida em si, que parece ser a causa da doença", afirmou o diretor do centro, Christopher Wild.

Por isso eu sigo fiel à cerveja estupidamente gelada. Se possível, todo dia.





15/06/2016
5 potiguares no propinoduto

Na lista dos 18, os potiguares Garibaldi Filho, Henrique Alves e Walter Alves, do PMDB, e José Agripino e Felipe Maia, do DEM.

Leia a íntegra da matéria da Folha de S. Paulo: www.folha.uol.com.br





15/06/2016
O terrorismo particular em Orlando

Acho que Barack Obama e o seu FBI estão certos quanto às motivações do assassino Omar Mateen (ou Omar Matou, como disse um brasileiro residente em Orlando) para atacar uma boate gay e atirar contra todos, ceifando a vida de 49 e ferindo mais de 50.

Apesar de um suposto representante do Estado Islâmico ter declarado que o grupo terrorista assumiu o massacre, vai ficando mais provável o tal "terrorismo doméstico" que falou o presidente americano. Mas também não creio que o criminoso fosse arauto da direita machista e capitalista.

Ora, o sacripanta que agora deve estar ardendo no inferno (cristão ou muçulmano, tanto faz) era frequentador da boate Pulse, portanto muito provavelmente um homossexual, senão assumido mas pelo menos enrustido; foi eleitor do Partido Democrata na vitória de Obama, como disse um familiar, e com tudo isso a militância LGBT ligada às esquerdas dizem que a culpa é dos conservadores?





15/06/2016
As apostas do impeachment

Dilma Rousseff e o que restou do seu staff estão contabilizando 25 votos no plenário do Senado para a votação definitiva do seu afastamento. Precisa de mais dois votos para ser absolvida e retomar o Palácio do Planalto.

Pelo lado do governo Michel Temer, as apostas giram em torno de 59 votos já garantidos, podendo ainda conquistar alguns outros. Nas ante-salas do Jaburu há amigos do presidente confidenciando um medo danado com as promessas que Dilma e o PT andam fazendo.

Além de pregar consultar popular sobre o retorno dela e vislumbrar convocação de novas eleições, Dilma tem ventilado desejo de abrir grandes espaços para os senadores em um suposto novo governo a partir de uma derrubada do impeachment. 

Com 27 votos no plenário, Dilma escapa e Temer volta para a invisibilidade da vice-presidência. 





15/06/2016
Claudia Santa Rosa na Comissão de Educação da AL

Cumprindo o seu plano de trabalho de manter a pauta sem acúmulo de matérias para deliberação, a Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social, fez a distribuição de seis matérias para os relatores e discutiu e aprovou três Projetos, na reunião de hoje.

Ao final, o presidente da Comissão, deputado Hermano Morais (PMDB), confirmou para o próximo dia 13 a presença da secretária de Educação e Cultura, Cláudia Santa Rosa, para fazer uma explanação sobre a situação do setor educacional do Estado.

"Convidamos a Secretária e ela confirmou a sua presença nesta Comissão no próximo dia 13 de julho para falar sobre a situação em que encontrou a pasta da Educação, bem como sobre os seus projetos para melhorar o desempenho do setor. Vamos discutir, também, o Plano Estadual de Educação que foi aprovado no final do ano passado pela Assembleia Legislativa.

O Plano tem vigência de 10 anos. De acordo com o seu artigo 3º os gestores estaduais e municipais, vinculados aos poderes Executivo do Estado e dos Municípios, adotarão, nos limites das suas competências administrativas, as medidas necessárias à realização das metas e das estratégias previstas na Lei, em obediência ao regime de colaboração previsto pelo artigo 211, parágrafos 2º, 3º e 4º, da Constituição Federal.

Participaram da reunião de hoje os deputados Hermano Morais e Cristiane Dantas (PCdoB).





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95