BLOG DO ALEX MEDEIROS

13/09/2017
Comissões ouvem o planejamento do Governo

Com os esclarecimentos do secretário de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira em audiência pública nesta manhã, a Comissão de Justiça e Redação (CCJ), Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) e Comissão de Administração, Serviços Públicos e Trabalho discutiram os dois empréstimos, requeridos pelo Governo, em pauta na Assembleia. O primeiro, aprovado em 2013, pretende mudar a aplicação dos recursos, no valor de R$146 milhões, saldo dos R$ 234 milhões garantidos pela Caixa Econômica Federal e o outro busca garantir novos recursos na ordem de R$ 698 milhões, junto ao banco.

Depois das explicações, os deputados da CCJ e CFF decidiram aprovar a alteração no objeto de financiamento para obras de mobilidade urbana do PAC, ampliando a finalidade, que antes beneficiava apenas a avenida Roberto Freire, para a aplicação dos recursos também em saneamento básico, acesso ao aeroporto internacional Aluizio Alves e Centro de Convenções de Natal.

"A maior questão dos deputados era se essa mudança teria uma multa a ser paga. Tenho a informação da Caixa Econômica que não será cobrada taxa nem multa, pois o contrato não será modificado em valores. A mudança será apenas no escopo da aplicação dos recursos que inicialmente seriam utilizados na Avenida Roberto Freire", disse o secretário Gustavo Nogueira, tirando a dúvida que havia motivado o pedido de vista do deputado Kelps Lima, com a preocupação de que o pagamento de taxa e multa torna-se inviável para o Estado a modificação.

Ainda de acordo com o secretário, o Estado não teria de arcar com as contrapartidas para a realização das obras. Ele disse ainda que o restante dos recursos já contratados, no valor de R$ 146 milhões, já está com prazo a se vencer.

Novo empréstimo

Na reunião conjunta desta manhã, o secretário Gustavo Nogueira também explanou sobre novo pedido de empréstimo pelo Governo do Estado, que está tramitando em regime de urgência e que deve ser votado no plenário da Assembleia Legislativa num prazo máximo de 45 dias.

O novo é empréstimo é no valor de R$ 698 milhões e vai permitir um desafogo na fonte orçamentária 100, o que possibilitará a colocação em dia do pagamento da folha de pessoal, segundo o secretário.

Os recursos serão do programa de Financiamento da Infraestrutura e Saneamento (FINISA) e serão aplicados na construção, ampliação e aparelhamento de unidades hospitalares; implantação e pavimentação de rodovias; incentivo financeiro para a industrialização; amortização de financiamento da dívida interna; saneamento básico e investimentos em infraestrutura para os órgãos de segurança pública.

Participaram da reunião conjunta os deputados Tomba Farias (PSB), Márcia Maia (PSDB), Galeno Torquato (PSD); Dison Lisboa (PSD); Kelps Lima (Solidariedade); José Dias (PSDB); Carlos Augusto (PSD); Larissa Rosado (PSB); George Soares (PR) Cristiane Dantas (PCdoB); Nelter Queiroz (PMDB), Jacó Jácome (PSD), Fernando Mineiro (PT) e o vice-governador Fábio Dantas (PCdoB),

 





11/09/2017
Gustavo quer benefícios para cidades oestanas

O deputado Gustavo Carvalho (PSDB) apresentou requerimentos na Assembleia Legislativa solicitando uma série de ações para beneficiar municípios da Região Oeste potiguar. Os pleitos do parlamentar buscam a execução de obras de abastecimento de água e infraestrutura rodoviária e contemplam as cidades de Mossoró e Grossos.

Para a melhoria do abastecimento hídrico na região, Gustavo solicita à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e a Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), a implantação de uma mini adutora no assentamento Jurema, em Mossoró, com 5 km de extensão.

"As cerca de cem famílias que vivem no assentamento têm enfrentado dificuldades no abastecimento de água causado, sobretudo, pelos longos períodos de estiagem no Estado. Essa obra visa assegurar o acesso da comunidade a esse recurso, fundamental à vida humana", justifica Gustavo Carvalho.

Em outro pleito direcionado à Caern, o parlamentar requer a extensão da rede de água do município de Grossos para atender a comunidade de Boi Morto. Segundo ele, é necessário garantir o abastecimento de água canalizada às famílias assentadas.

Na área da infraestrutura rodoviária, o pleito apresentado pelo deputado ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) visa à construção de acostamento na RN 012, no trecho que interliga a comunidade de Gangorra, em Grossos, à sede do município. "O pedido busca garantir a segurança de todos que trafegam naquela estrada, haja vista a inexistência de acostamento no trecho, fato que acentua os riscos de acidentes e atropelamentos", argumenta Gustavo Carvalho.





06/09/2017
AL instala serviços no bairro das Quintas

Setores da Assembleia Legislativa se instalaram, na manhã desta quarta-feira (6), no bairro das Quintas, em Natal, oferecendo serviços de saúde e orientações sobre o Direito do Consumidor à população. A iniciativa, que conta com a participação do programa "Saúde Pelo RN" e da unidade móvel do Procon Legislativo, integra a Casa às comemorações dos 300 anos da comunidade, celebrados durante o mês de setembro.

"A partir deste ano, a Assembleia Legislativa iniciou uma série de ações itinerantes de promoção e acesso à saúde, por meio do ‘Saúde Pelo RN'. Hoje, estamos recebendo pessoas das Quintas que não conseguem atendimento médico no bairro ou precisam de alguma especialidade", explica Tiago Almeida, médico da Casa que coordena o programa, instalado na Escola Estadual Graciliano Lordão.

Estão sendo oferecidas consultas de Clínica Médica, Ortopedia e Nefrologia, além de atendimentos com nutricionista e de enfermagem. Marineide Carla, de 47 anos, foi uma das beneficiadas com a iniciativa. "Aproveitei a oportunidade, pois estava precisando de uma consulta médica e sabia que hoje encontraria um especialista", disse ela, que ficou sabendo da ação pelo filho, que estuda na escola. Carros de som também foram utilizados para informar à comunidade.

O Procon do Legislativo foi igualmente instalado no bairro das Quintas, ao lado da Escola Municipal Ferreira Itajubá. Por meio da sua unidade móvel, o setor está prestando orientações aos consumidores da comunidade sobre a resolução de conflitos provocados pela aquisição de produtos ou pela contratação de serviços.

"Também estamos resolvendo algumas questões, por telefone mesmo, para dar agilidade e o consumidor já deixar o Procon do Legislativo com o problema resolvido", conta Dary Dantas, coordenador do setor. Segundo ele, os serviços de telefonia móvel e fixa estão liderando os atendimentos nas Quintas, seguidos de demandas relacionadas à oferta de água e de energia.

Os atendimentos do "Saúde Pelo RN" e da unidade móvel do Procon Legislativo acontecem até o início da tarde de hoje e qualquer pessoa da comunidade pode acessá-los. As duas escolas estão localizadas na Rua dos Pêgas, uma das mais tradicionais do bairro, que celebra seu tricentenário em 2017.





02/09/2017
O paraíso quase perdido

Tuvalu (ou Ilha de Tuvalu) é, depois do Vaticano, o Estado independente com o menor número de habitantes no mundo (11,8 mil almas) e é também um destino paradisíaco desconhecido para a maioria, o país menos visitado de todos, em que pese contar com praias lindíssimas, temperatura morna, bons programas culturais e uma deliciosa gastronomia.

Tuvalu só foi visitado em 2016 por 2 mil turistas, uma quantidade que dobrou os dados de seis anos antes (2010), quando apenas mil pessoas viajaram até lá. É o lugar mais desconhecido do planeta, frequentado menos, por exemplo, do que o Beco da Lama e os bares da Ribeira.

Destacados entre os poucos turistas curiosos, estão os poucos cientistas que elegeram o lugar como fonte de estudos dos efeitos climáticos. O nível do mar no onírico arquipélago do Pacífico Sul subiu bruscamente nas últimas duas décadas, o que fez a ONU decretar risco provável de desaparecer no oceano neste século XXI.

Situado entre o Hawaí e a Austrália, o grupo de ilhas é considerado por jornais europeus como o "paraíso polinésio", por suas praias espetaculares, seus arrecifes de coral e sua riqueza cultura. Seus 11 mil moradores exibem aos visitantes muito do folclore da Polinésia, como o "fatele" (danças e canções tradicionais), os jogos de "kilikiti" (uma variante do cricket), os entalhes de madeiras e a cestaria.

A companhia aérea Air Fiji é a única empresa que transporta turistas diretamente entre a Europa e Tuvalu, num custo não muito atrativo, já que existe uma alternativa por 6 mil euros em outras empresas que fazem o percurso com escala em Suva, a capital de Fiji.





01/09/2017
AL homenageia educadores físicos

Os profissionais da Educação Física foram homenageados na manhã desta sexta-feira (1) em sessão solene na Assembleia Legislativa. A solenidade, proposta pelo deputado Hermano Morais (PMDB) acontece em comemoração ao dia do profissional da Educação Física, celebrado hoje.

Durante seu discurso, o deputado Hermano Morais destacou a importância do profissional de Educação Física diante da sociedade que tem se caracterizado cada vez mais pelos comportamentos tipicamente sedentários que têm levado a doenças que afetam o homem contemporâneo.

"O acompanhamento de um profissional qualificado é fundamental para quem quer ter uma vida mais saudável. O exercício físico pode ter um impacto sobre o tabagismo, sobre a ingestão calórica inadequada, sobre o estresse exagerado, além de poder atuar sobre a dependência de álcool e de drogas psicoativas. Qualidade de vida! Eis, talvez, o sinônimo mais adequado", pontuou Hermano Morais.

O parlamentar destacou ainda que o profissional de Educação Física tem contribuído substancialmente com uma nova realidade ainda em construção e ressalta as pesquisas recentes que revelam que a prática de exercícios físicos tem aumentado nos últimos 20 anos, o que evidencia benefícios reais e deixa claro o papel da atividade física regular em relação à saúde.

Hermano Morais falou ainda sobre a necessidade de tornar a atividade física mais presente na vida dos potiguares. "Precisamos, juntos, amenizar, reverter a fragilidade e o enfraquecimento das instituições esportivas. Ouso sugerir a realização de parceria entre o Conselho Estadual de Desporto e o Conselho Regional de Educação Física, cujos presidentes estão aqui presentes, os professores Roberto Luiz Menezes Cabral Fagundes e Francisco Borges de Araújo, respectivamente, para realização de um Fórum de Debates para que possamos avançar, de fato, nas ações que envolvem o tema. Aproveito para enaltecer agora e em público, o esforço, de cada um, em prol da valorização da Educação Física no nosso Estado".

Diante da importância da prática da atividade física, o parlamentar disse ainda que é possível oferecer à população, academias ao ar livre com profissionais de Educação Física, uma vez que os equipamentos, por si só, não orientam.

Na ocasião foram homenageados os professores Antônio José de Sousa Sampaio Barros, Francisco de Oliveira Cabral Júnior, Laerte Medeiros de Araújo e Kátia Brandão Cavalcanti. A professora Kátia Brandão Cavalcanti falou em nome dos homenageados e destacou a importância do trabalho desempenhado pela categoria desejando o fortalecimento da atividade e dos profissionais para o futuro.

Presente na solenidade, o presidente do Conselho Regional de Educação Física do Estado, Francisco Borges de Araújo, falou sobre os benefícios da atividade. "A sociedade está criando cada vez mais consciência da importância da atividade física regular para uma melhor qualidade de vida. É fundamental a presença do educador físico para que os resultados obtidos com a atividade física sejam os melhores possíveis".

Dia do profissional de Educação Física

No dia 1º de Setembro é comemorado o Dia do Profissional de Educação Física, uma data voltada para a valorização e entendimento das várias modalidades que englobam a profissão. A celebração ocorre nessa data por coincidir com a instituição da Lei Federal nº 9696, em 01 de setembro de 1998, que regulamentou a Profissão de Educação Física e criou os Conselhos Federais e Regionais de Educação Física.

O Conselho Regional de Educação Física (CREF16/RN) conta com quase cinco mil profissionais registrados e aptos a exercer a profissão.

Os profissionais da Educação Física foram homenageados na manhã desta sexta-feira (1) em sessão solene na Assembleia Legislativa. A solenidade, proposta pelo deputado Hermano Morais (PMDB) acontece em comemoração ao dia do profissional da Educação Física, celebrado hoje.

Durante seu discurso, o deputado Hermano Morais destacou a importância do profissional de Educação Física diante da sociedade que tem se caracterizado cada vez mais pelos comportamentos tipicamente sedentários que têm levado a doenças que afetam o homem contemporâneo.

"O acompanhamento de um profissional qualificado é fundamental para quem quer ter uma vida mais saudável. O exercício físico pode ter um impacto sobre o tabagismo, sobre a ingestão calórica inadequada, sobre o estresse exagerado, além de poder atuar sobre a dependência de álcool e de drogas psicoativas. Qualidade de vida! Eis, talvez, o sinônimo mais adequado", pontuou Hermano Morais.

O parlamentar destacou ainda que o profissional de Educação Física tem contribuído substancialmente com uma nova realidade ainda em construção e ressalta as pesquisas recentes que revelam que a prática de exercícios físicos tem aumentado nos últimos 20 anos, o que evidencia benefícios reais e deixa claro o papel da atividade física regular em relação à saúde.

Hermano Morais falou ainda sobre a necessidade de tornar a atividade física mais presente na vida dos potiguares. "Precisamos, juntos, amenizar, reverter a fragilidade e o enfraquecimento das instituições esportivas. Ouso sugerir a realização de parceria entre o Conselho Estadual de Desporto e o Conselho Regional de Educação Física, cujos presidentes estão aqui presentes, os professores Roberto Luiz Menezes Cabral Fagundes e Francisco Borges de Araújo, respectivamente, para realização de um Fórum de Debates para que possamos avançar, de fato, nas ações que envolvem o tema. Aproveito para enaltecer agora e em público, o esforço, de cada um, em prol da valorização da Educação Física no nosso Estado".

Diante da importância da prática da atividade física, o parlamentar disse ainda que é possível oferecer à população, academias ao ar livre com profissionais de Educação Física, uma vez que os equipamentos, por si só, não orientam.

Na ocasião foram homenageados os professores Antônio José de Sousa Sampaio Barros, Francisco de Oliveira Cabral Júnior, Laerte Medeiros de Araújo e Kátia Brandão Cavalcanti. A professora Kátia Brandão Cavalcanti falou em nome dos homenageados e destacou a importância do trabalho desempenhado pela categoria desejando o fortalecimento da atividade e dos profissionais para o futuro.

Presente na solenidade, o presidente do Conselho Regional de Educação Física do Estado, Francisco Borges de Araújo, falou sobre os benefícios da atividade. "A sociedade está criando cada vez mais consciência da importância da atividade física regular para uma melhor qualidade de vida. É fundamental a presença do educador físico para que os resultados obtidos com a atividade física sejam os melhores possíveis".

Dia do profissional de Educação Física

No dia 1º de Setembro é comemorado o Dia do Profissional de Educação Física, uma data voltada para a valorização e entendimento das várias modalidades que englobam a profissão. A celebração ocorre nessa data por coincidir com a instituição da Lei Federal nº 9696, em 01 de setembro de 1998, que regulamentou a Profissão de Educação Física e criou os Conselhos Federais e Regionais de Educação Física.

O Conselho Regional de Educação Física (CREF16/RN) conta com quase cinco mil profissionais registrados e aptos a exercer a profissão.





21/08/2017
Paris está longe da Europa

Neymar foi o primeiro craque do Santos que conseguiu experimentar momentos gloriosos na Vila Belmiro após o reinado de Pelé. Desde os tempos do rei, ninguém havia elevado tanto o astral da torcida do Peixe, nem atraído para si mesmo os holofotes da mídia mundial.

Ainda na condição de juvenil, vestiu a camisa galáctica do Real Madrid e foi destaque nos jornais de Madrid, apresentado como um investimento do clube merengue nas terras tropicais. Não ficou por lá, voltou pra serra, e carregou o Santos na conquista de uma Libertadores, a terceira do time somada às duas da era Pelé.

Já na condição de melhor jogador brasileiro em atividade, disputou a primeira taça em âmbito mundial e foi surpreendido por uma goleada diante do Barcelona, ocasião em que após um show de Lionel Messi abordou o craque argentino e se declarou seu fã. Aquele agrado lhe seria útil no futuro.

Foi transferido para o Barcelona em 2013, pouco depois de completar 21 anos, numa negociação milionária e suspeita que ficou conhecida como "Neymargate", alusão da imprensa espanhola ao escândalo político da era Nixon nos EUA. Mas isso não abalou o jovem craque, que logo se adaptou ao timaço catalão, formando um trio goleador com Messi e Suarez.

O sonho e a promessa de conquistar uma Bola de Ouro como melhor do mundo não vingaram; teve que se contentar com a coadjuvância frente ao protagonismo de Messi, à idolatria catalã com Iniesta e a profusão de gols de Suarez. Quando todos esperavam ao menos uma Bola de Bronze, viu o troféu nas mãos do francês Griezmann.

Não estou aqui tirando o brilho do craque nem detratando sua trajetória, mas apenas expondo fatos que passam desapercebidos aos olhos de grande parte da mídia e, principalmente, dos torcedores mais fanáticos. Nos quatro anos de Barcelona, Neymar não se tornou a estrela do clube, porque - segundo alguns analistas - o sistema de jogo do Barça só existe para agigantar Messi.

Entretanto, foi nesse tal sistema messiânico que o uruguaio Suarez danou-se a fazer gols, superou o próprio Neymar na artilharia azul grená e conquistou a simpatia da torcida e até da imprensa da Catalunha, aquela mesma que cuspiu manchetes mandando o brasileiro ir-se logo para Paris.

E ele foi, muito mais por amor e desafio do que pela fortuna envolvendo a transação. Nos memes da web brasileira, muitos postaram que se fosse só pelo desafio, ele deveria ter ido pro Vasco ou pro São Paulo. Piadas à parte, Neymar entrou em Paris como um Napoleão lúdico em busca de poder e diversão.

E conquistou a cidade luz, acendeu a Torre Eiffel com as cores do PSG e botou a torcida parisiense para cantarolar Aquarela do Brasil, obra imortal do flamenguista Ary Barroso. Na estreia, um aperitivo do talento diante do modesto Guingamp e no segundo jogo, mentor da goleada no sempre irregular Toulouse.

Explosões de ufanismo na mídia brasileira repercutindo a ovação da imprensa parisiense com as jogadas do craque. Me assustam a histeria e o maniqueísmo de jornalistas quando a notícia produzida envolve elementos de paixão popular. Até o próprio Neymar já sabe da deficiência história do campeonato francês; assim como sabe que os dois primeiros adversários são do quilate da Portuguesa Santista, eterna fregueza do Santos.

O futebol na França vive à margem da vizinhança desde que o esporte surgiu na Bretanha. No país não há sequer um derbi, uma rivalidade interclubes, ninguém mata ou morre por time nenhum por lá. O único momento glorioso foi uma Copa do Mundo em casa (graças ao maestro Zidane), e as cenas de espetáculo em solo sueco, na Copa de 1958, até ser atropelada pela seleção do mestre Didi, do gênio Garrincha e do moleque Pelé.

Prefiro festejar uma verdadeira genialidade de Neymar quando o PSG começar a enfrentar times de verdade na Champions League, torneio aonde o futebol francês acumula fracassos e que, agora segundo muitos, encontrará a glória nos pés do boy da Vila Belmiro. Prefiro não achar, mas ter a certeza de que Real Madrid, Barcelona, Manchester United, Manchester City, Bayern, Juventus e outros são desafios bem mais verdadeiros que Guinpang e Toulouse.

Que os deuses protejam o sonho de Neymar!





21/08/2017
Gente estúpida

O Brasil muito provavelmente deve ser o único país desse pequeno planeta onde os estudantes se mobilizam e ganham as ruas para protestar contra o aumento de R$ 0,20 numa passagem de ônibus, mas silenciam diante da ameaça de um rombo sem precedentes no erário quando o Congresso Nacional se destina a torrar R$ 3,6 bilhões nas eleições de 2018.

O tal fundo partidário, que existe para financiar a farra dos partidos, é uma excrescência e um tapa na cara de uma sociedade em crise profunda numa republiqueta onde autoridades realizam desvios de verbas públicas, numa epidemia de corrupção que atinge todos os poderes, o Ministério Público e os tribunais de contas.

No Brasil, esquerda e direita se assemelham no culto ao Estado, na defesa do controle estatal sobre os destinos da nação. No meio dessa dicotomia do atraso, os jovens parecem ter contraído a "síndrome de Estocolmo", uma enfermindade psicológica em que a vítima se identifica com o bandido.





21/08/2017
"NO ESPERADO DIA DO ECLIPSE"

Por Graco Medeiros

21 de agosto de 2017:

Há 28 anos eu estava em Belo Horizonte, na Praça Sete, esperando um busão logo após a jornada de trabalho. Ainda não tinha internet e nem os smartphones de hoje.

Subi e tocava Raul no rádio do ônibus, numa profusão como nunca tinha visto antes. Uma música atrás da outra.

Em 1989 Raulzito vivia no mais completo ostracismo. Fiquei feliz e pensei: 'porra, estão resgatando o mago'.

Mas, logo ao descer (viagem curta), um pressentimento funesto se assenhorou de mim...

Encarei o motorista - ray-ban contra ray-ban -, e perguntei só de migué:

- Essa rádio só toca Raul, véi?

Ele respondeu:

- Raul Seixas morreu, meu irmão.

Entrei no primeiro boteco da rua Diamantina e comecei a encher a cara.

Depois, sai na rua sem rumo, escutando nos rádios dos carros, nas casas, nos bregas da Lagoinha e até em igreja evangélica, os versos de "Tente Outra Vez".

Nos demais bares, ao vivo ou na caixa, sempre algum outro bêbado ou bicho grilo lombrado começava a mandar o tão conhecido ultimato, que se tornou famoso e onipresente:

- "Toca Rauuuuuul!!!"

(GM)





17/08/2017
Eugénio de Castro

Eugénio assim mesmo com agudo em vez de circunflexo. Grafia lusitana no nome de um dos maiores poetas da terra de Fernando Pessoa e de Luís de Camões.

Morreu num dia como hoje, em 1944, quando a Europa respirava ainda as cinzas da Segunda Guerra, mesmo com os ventos da esperança soprando nas tropas aliadas que avançavam sobre o terror das hordas de Hitler.

Nasceu na cidade de Coimbra, em março de 1869, poucos dias depois que a escravatura foi abolida em terras portuguesas e no ano em que duas invenções teriam papel relevante no comportamento das pessoas no século XX que se avizinhava: o chicleteeo vibrador.

É tido como o pai do Simbolismo em Portugal, ao estrear na literatura com o livro "Oaristos", quando tinha apenas 21 anos. Publicou três dezenas de obras poéticas, inovando na linguagem e no uso de rimas até então não utilizadas na boa terra.

Em 1938, aos 69 anos, encerrou a produção com o livro"Últimos Versos". Para marcar aqui a data da sua morte, publico o poema "Três Rosas", um floreado para prováveis três moças que mexeram com o poeta. Fato que ocorre até hoje com alguns vates de coração mole. Viva Eugénio de Castro!

Três Rosas

Sempre, mas sobretudo nas brumosas
Horas da tarde, quando acaba o dia,
Quando se estrela o céu, tenho a mania
De descobrir, de ver almas nas cousas.

Pendem deste gomil três lindas rosas;
Uma é rosada, a outra branca e fria,
Rubra a terceira; e a minha fantasia
Torna-as humanas, vivas, amorosas.

Sei que são rosas, rosas só! mas nada
Impede, enquanto cai lá fora a chuva,
Que a minha mente a fantasiar se ponha:

Por ser noiva a primeira, é que é rosada;
Branca a segunda está, por ser viúva;
A vermelha pecou ... e tem vergonha!






17/08/2017
Aldeia de papel

Natal provavelmente deve ser a única cidade ainda no planeta onde uma propaganda de TV convoca o telespectador a procurar um gazeteiro para comprar jornal impresso.





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71