Música

06/10/2016 10:12:46
Stones de volta às origens

Por Alex Medeiros

Diz a lenda que o princípio de tudo foi numa manhã de 17 de outubro de 1961 quando um garoto chamado Mick e outro chamado Keith se reencontraram após uma convivência escolar na infância que parecia fadada ao esquecimento de ambos.

Daquele reencontro, brotou uma afinação de gosto musical e os dois rapazes começaram a tocar blues e rock ‘n' roll, influenciados pela genialidade de duas lendas da música norte-americana, Muddy Waters e Chuck Berry, dois respectivos pilares dos dois ritmos.

Apenas um ano depois daquela manhã de primavera londrina, os dois amigos encontraram um terceiro garoto - mais bonito e melhor instrumentista que eles - que os convidou para formar uma banda, cujo nome ele já tinha na ponta da língua, retirado de uma canção de Muddy Waters.

O lourinho Brian Jones sugeriu "Rollin'Stone" e logo passou a demonstrar que tocava blues como poucos em solo britânico, executado em qualquer instrumento, do violão ao piano, da gaita à guitarra, e até na cítara (antes mesmo de George Harrison).

A partir daí, tudo virou história e as pedras do rock ‘n' roll nunca mais pararam de rolar. E agora, 55 anos depois do reencontro de Mick e Keith, os velhinhos dos Rolling Stones continuam se divertindo e encantando uma legião de fãs que não para nunca de crescer.

E ontem, esses fãs tiveram um momento de êxtase na página do Twitter da longeva banda, quando leram uma postagem em que se prenunciava para hoje, 6 de outubro, o lançamento ou aviso de um novo disco, dez anos depois do último. Uma década de espera que poderá terminar.

Um post um tanto enigmático, ao estilo dos Stones, em formato de vídeo com duração de apenas 5 segundos alimentou as especulações dos fãs e da mídia especializada. E mais: deixou a suspeita de que o novo álbum é um retorno à origem dos dois principais expoentes. Um disco de blues com o suposto título de "Blue and Lonesome".

Para aumentar ainda mais a expectativa de todos, haveria nesse novo trabalho, que encerra uma pausa tão grande, canções inéditas de Mick Jagger e a participação especial do gênio Eric Clapton. Diante disso tudo, é ficar atento ao show dos Rolling Stones no festival Desert Trip, que começa amanhã na Califórnia, onde eles se juntarão a nomes sagrados do pop como Bob Dylan, Paul McCartney, The Who, Neil Young e Roger Waters.

   


Comentários