Literatura

23/02/2016 08:39:35
Ler é uma viagem

Passagem grátis para leitores em cidade da Romênia

Já faz quase 200 anos que a poetiza americana Emily Dickinson disse que não havia nenhuma nave capaz de fazer o homem viajar para bem longe como um livro. De lá para cá, muita gente já filosofou sobre a capacidade do livro de nos fazer superar fronteiras, senão físicas, mas emocionais.

Há alguns dias, a cidade romena de Cluj Napoca virou o novo paraíso dos amantes da leitura. Graças a uma singela ideia de um jovem poeta local, chamado Victor Miron, que propôs ao prefeito liberar as passagens no transporte público para quem usasse o percurso para ler um livro.

Emil Boc, o alcaide, não teve dúvidas e acatou a proposta do rapaz. Publicou em sua conta pessoal do Facebook que estava decretando a gratuidade do bilhete para os passageiros que fizessem da viagem um momento de leitura. A população logo saiu em apoio, pedindo para que todos lessem. O assunto viralisou e atraiu leitores de outras cidades e até países.

O jovem Miron acredita que é importante promover políticas culturais com impacto imediato na comunidade. É dele também o projeto "BookFace", que consiste em que os usuários de redes sociais coloquem foto de livro em seus perfis. Ele já entrou em contato com livrarias e sebos para que estes deem descontos aos perfis literários.

   


Comentários