Cotidiano

11/11/2015 13:47:17
A esquina do Psicodelismo

Encravada numa área movimentada de San Francisco, o cruzamento Haight-Ashbury foi cenário do Verão do Amor em 1967

 
Paz, amor, música e São Francisco (EUA), ou, mais especificamente, Haight-Ashbury, o distrito que foi palco do movimento hippie nos anos 1960. Durante o "Verão do Amor", em 1967, a região foi ocupada por milhares de jovens sonhadores, que buscavam no psicodelismo as respostas para a vida, o universo e tudo mais. "The Haight", para os íntimos, é a área que fica em torno das ruas Haight e Ashbury, a oeste da famosa Golden Gate. Com a chegada do verão, naquele ano, jovens hippies de todas as partes do mundo se reuniram em São Francisco e encontraram na região casas baratas para alugar.
 
Haight-Ashbury tornou-se referência física da contracultura, sendo considerada por muitos um paraíso do Rock Psicodélico e das drogas. Até mesmo os integrantes da banda Grateful Dead encontraram no Haight uma casa para chamar de sua, uma residência construída no século XIX, em que viveram por alguns meses.
 
No início do Outono daquele ano, entretanto, o Haight já não trazia a mesma alegria jovial e foi tomada por dependentes químicos, lixo e miséria. Hoje, o distrito ainda transpira boemia e para sempre será lembrado como o cenário de um dos movimentos jovens mais transgressores da história. É um passeio indispensável para quem visita San Francisco.
 

       


Comentários