BLOG DO ALEX MEDEIROS

09/01/2018
Coutinho é oficialmente do Barcelona

A segunda maior transação do futebol foi concretizada ontem (8), logo que o Liverpool aceitou a proposta de 160 milhões de euros (R$ 620 milhões) feita pelo Barcelona para ter o meia-atacante Philippe Coutinho.

O namoro do clube catalão com o craque brasileiro já vinha acontecendo, mas nada de casamento na janela de transferências. Ano passado, o time inglês chegou a castigar Coutinho, sacando-o do quadro titular, só porque o jogador demonstrou interesse no Barça.

Philippe Coutinho foi apresentado ontem mesmo no Camp Nou, com direito a todas as honras de uma grande aquisição. Fez embaixadas para a torcida e deu entrevista.

Em uma das primeiras perguntas, foi questionado por que havia escolhido o Barcelona para essa mudança. Foi curto e grosso: "porque é o Barça", disse.

O jornal inglês "Daily Mail" acompanhou todos os últimos passos do brasileiro, até o anúncio oficial dos espanhóis. Na reportagem, relata que, o tempo todo, Philippe fala do Barcelona dando ênfase que se tratava de um sonho de infância vestir a camisa azulgrená.

"Grandes ídolos meus passaram por este clube e estão jogando por este clube", disse o brasileiro. E quando questionado se estava, atualmente, se referindo a Messi e Suárez, disse que sim.

"Tenho a sorte de dividir o vestiário com eles", declarou o brasileiro, que, revelou ser um sonho poder jogar ao lado do "melhor do mundo", se referindo ao camisa 10 da equipe e da seleção argentina.

O camisa 10 do Liverpool fez 201 partidas pelos Reds, marcando 54 gols e sendo considerado o melhor do time algumas vezes. No Barcelona, terá que escolher outro número, obviamente, mas o talento permanecerá o mesmo.

Philippe Coutinho tem sido considerado por jornalistas europeus o melhor brasileiro em atividade no continente. Quando o comparam a Neymar, argumentam que o craque do PSG divide o protagonismo com o uruguaio Cavani, enquanto ele é absoluto no Liverpool.

Nas Olimpíadas do Rio, por exemplo, foi visível o papel primordial de Coutinho na conquista do ouro inédito para o Brasil. A seleção brasileira mudou pra melhor com sua participação. Foi o maestro da campanha.