BLOG DO ALEX MEDEIROS

15/01/2019
Censura é coisa feia

Um belo filme publicitário da indústria de sandálias Grendene, veiculado em 2009 para divulgar os modelos Hello Kitty Fashion Time e Guga K. Power Games, e que foi alvo de denúncia do Procon, provocado por uma dessas fundações que caçam cabelo em casca de ovo, teve uma multa de R$ 3 milhões confirmada por uma juíza que acatou a absurda acusação de "erotização precoce" na ideia do filme, onde meninas improvisam desfile de moda e são aplaudidas por meninos.

Na lógica censora, a Justiça e o Procon paulistas terão que começar a perseguir as famílias que cotidianamente compram produtos fashions, acessórios e cosméticos para suas meninas, que invariavelmente brincam de modelos em passarelas e telas de TV. A peça publicitária da Grendene é linda. A censura é coisa feia.

Em protesto, o filme está na capa de 
O Galo Informa em "vídeo do dia".