BLOG DO ALEX MEDEIROS

08/02/2019
Meninos do Flamengo

Quando um jovem morre
a humanidade se descompleta
não em estatística demográfica
sim em essência universal
e se morrem alguns, vários
garotos e seus sonhos
é tragédia humanitária
Uma dor no Rio de Janeiro
incêndio de sempre fevereiro
avança pelos rios do planeta
Que aconteceu com esta cidade
da noite para o dia? perguntou
Carlos Drummond de Andrade
e agora essa resposta
de caos, tragédias humanas
Minha alma chora, como disse
Wally Salomão, parodiando
o Tom do Samba do Avião
no poema Mal Secreto
E o Cristo Redentor ali
vendo tudo sem segredo
fogo ardendo no Flamengo
um Rio de calor infernal
enxurrada de lama, 40 graus
como cantou Fernandinha
purgatório da beleza e caos
Alô, tristeza do Flamengo
bem que eu quis escrever
um poema de amor
feito Antonio Maria
mas, minha valsa chora
chorinho de dor, quanta dor.

(Alex Medeiros, 8/2/19)