BLOG DO ALEX MEDEIROS

03/06/2019
Casal de lésbicas mata e esquarteja criança

Rhuan Maycon da Silva era um menino de apenas 9 anos e morava em Samambaia, localidade do Distrito Federal. Sua mãe, Rosana Auri da Silva Cândido, de 27 anos, vivia um relacionamento gay com Kacyla Priscyla Santiago Damasceno Pessoa, de 28 anos.

No sábado, a curta vida de Rhuan foi ceifada da forma mais torpe, covarde e violenta. As duas mulheres se juntaram para matá-lo, a facadas, desfigurando seu rosto, esquartejando seu pequeno corpo e depois queimando e escondendo os restos mortais em mochilas.

As duas nojentas assassinas (veja os focinhos de ambas na foto) foram presas em flagrante pela Polícia Civil e confessaram a monstruosidade. Também revelaram o motivo do crime: a pobre criança "atrapalhava a relação". 

Que a clássica justiça dos presídios a condenem e que os arremedos de almas de ambas queimem nos infernos.