BLOG DO ALEX MEDEIROS

05/11/2016
Sábado em revista

Nas bancas desde as primeiras horas da madrugada (algumas circulam desde a noite de ontem) as principais revistas semanais do País.

Desta vez, as publicações só não trouxeram capas sob um mesmo tema porque o ex-ministro do Turismo Henrique Alves (PMDB-RN) foi estampado em IstoÉ e se meteu no meio da eleição norte-americana, destaque nas capas de Época e Veja.

No império da democracia, a eleição presidencial que ocorrerá na terça-feira chega à reta final complicando as análises da mídia e embolando as pesquisas de opinião, que agora têm pra todos os gostos.

Veja e Época tratam da corrida à Casa Branca, enquanto a IstoÉ revela com exclusividade um esquema de desvio de dinheiro do ex-ministro do governo Dilma e amigo dileto do atual presidente Michel Temer.

Não é a primeira que a revista dedica uma capa a Henrique Alves. Em 2002, quando seu nome foi cotado no PMDB para ser o vice na chapa de José Serra à Presidência da República, a IstoÉ derrubou a pré-candidatura revelando uma carta da ex-mulher do então parlamentar, Mônica Azambuja, acusando-o de ter R$ 15 milhões em contas na Suíça, Bahamas, Ilhas Jersey e Miami.

Logo que o teor da reportagem de capa da IstoÉ chegou ao conhecimento do ex-ministro, seus advogados trataram de enviar nota à imprensa do Rio Grande do Norte desmentindo a denúncia. "A citada conta bancária jamais foi por ele movimentada e os depósitos e transferências nela realizados nunca foram de seu conhecimento, conforme será fartamente provado ao longo do processo", diz a nota.