BLOG DO ALEX MEDEIROS

08/11/2016
Poema

Gente que escolhe
gente que espanta
gente que colhe
gente que é planta
gente que eu olhe
que não me tolhe
e que tanto amada
seja tanta.