BLOG DO ALEX MEDEIROS

07/12/2017
O preto no branco da audiência de TV

Nenhum bordão da TV aberta é mais assertivo do que o velho e batido "Sílvio Santos vem aí!", refrão da cantoria domingueira das moças e senhoras que habitam com fervor o auditório do ícone vivo da comunicação.

Ano após ano, quando os especialistas vislumbram e até profetizam a queda de audiência do canal de SS, o SBT, parece que o homem do baú tem uma inesgotável quantidade de ases na manga do paletó e os usa para mostrar que não é fácil tirá-lo da vice-liderança.

O mês de novembro foi mais uma prova disso. Os números registrados nas pesquisas televisivas mostraram que o SBT foi segundo lugar absoluto no País e, principalmente, em São Paulo, a caixa de ressonância do incansável carisma do Senor Abravanel.

Quanto mais a Rede Record (sob orientação da igreja Universal) usa da estratégia de polarizar com a líder, polemizando com a Globo, mais o SBT fura o cerco da disputa e se mantém no histórico lugar de sempre. Só precisa, acreditem, do feeling do velho comunicador, único remanescente dos tempos de televisão em preto e branco.